Responsive Ad Slot

PGR deverá pedir para STF rejeitar delação premiada de Duda Mendonça

Publicado 18/04/2017

/ Por: redacao@noticiasdealagoinhas.com.br

Foto: STF
A Procuradoria-Geral da República (PGR) deverá pedir ao Supremo Tribunal Federal (STF) para rejeitar o acordo de delação premiada firmado entre o publicitário Duda Mendonça e a Polícia Federal. 
O marqueteiro detalhou sua participação na campanha de Paulo Skaf (PMDB) ao governo de São Paulo, com R$ 6 milhões oriunos de um acordo entre Marcelo Odebrecht e a cúpula do PMDB, depois de um jantar com Michel Temer no Palácio do Jaburu, em 2014. 
De acordo com o BuzzFeed, a PGR avalia que a delação não traz fatos novos para as investigações e que o material probatório levantado pelos delatores da Odebrecht são suficientes para as ações que correm contra a cúpula do governo no STF. 
Segundo a publicação, a Procuradoria também demonstra ser contra policiais federais fecharem acordos de delação premiada, por acreditar que apenas o Ministério Público tem esse poder. A instituição, inclusive, já enviou uma ação ao STF pedindo que a Polícia Federal seja proibida de celebrar acordos desta natureza. 
Os policiais ouvidos pelo BuzzFeed questionam essa crença do procurador Rodrigo Janot. Segundo eles, a Lei das Delações, de 2013, prevê expressamente a possibilidade de policiais firmaram acordos. 
Do BN
"Siga o Notícias de Alagoinhas no Twitter, curta nossa fanpage no Facebook, e fique atualizado com as principais notícias. Quer anunciar sua empresa? Clique aqui"

© Direitos reservados, Portal Notícias de Alagoinhas