Câmara dos Deputados do México legaliza uso de maconha para fins medicinais

A Câmara dos Deputados do México aprovou na última sexta-feira (28) a legalização do uso medicinal e científico da maconha. A medida inclui mudanças no Código Federal e na Lei Geral da Saúde. 

A aprovação ocorreu por maioria dos votos. Em 2016, os debates sobre o tema foram finalizados e apontavam para o fim da proibição, mas nos legisladores não haviam entrado em consenso para colocar a medida em prática. A lei aprovada permite que os produtos derivados da cannabis, em concentração de até 1%, possam "ser comercializados, exportados ou importados, cumprindo os requisitos estabelecidos pela regulação sanitária". 

O Ministério da Saúde será o responsável por emitir autorizações para importação das substâncias. As autoridades sanitárias poderão também criar estratégias para regular o uso medicinal dos derivados da maconha assim como a investigação e produção nacional de medicamentos. 

O presidente do México, Enrique Peña Nieto, propôs um projeto de lei para aumentar a quantidade mínima de posse da droga para civis, mas a Igreja Católica e grupos conservadores se opuseram à iniciativa. A Justiça mexicana já tinha liberado a importação de medicamento à base de cannabis para os pais de uma menina que vive no norte do país e sofre de eplepsia. O remédio ajuda a diminuir os ataques.

BN
Câmara dos Deputados do México legaliza uso de maconha para fins medicinais Câmara dos Deputados do México legaliza uso de maconha para fins medicinais Reviewed by Redação on maio 01, 2017 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.