Responsive Ad Slot

Cigano é nocauteado no 1º round após apresentação medíocre no UFC

Publicado 14/05/2017

/ Por: redacao@noticiasdealagoinhas.com.br

Stipe Miocic aproveitou bem a oportunidade de vingar sua derrota para Junior Cigano. O atual campeão dos pesos-pesados defendeu seu cinturão pela segunda vez e nocauteou o desafiante brasileiro, ex-campeão da categoria, em apenas 2m22s no evento principal do UFC 211, neste sábado (13), em Dallas, nos EUA. Foi o troco pela derrota por pontos para o catarinense radicado na Bahia, em 2014. O croata mostrou o quanto evoluiu nos últimos três anos.
Cigano, por sua vez, não mostrou a sua própria evolução. Pelo contrário, foi acuado desde o início pelo campeão, sem conseguir se afastar da grade – um problema que já havia sido apontado na primeira luta entre eles. Daquela vez, contudo, o catarinense foi capaz de esquivar golpes por cinco rounds, sobreviveu aos melhores socos do adversário e acertou suas próprias bombas para arrancar uma vitória na decisão dos juízes.
Desta vez, Cigano só conseguiu causar um hematoma na canela esquerda de Miocic, com um chute desferido nos segundos iniciais. O campeão o cercou desde o início, e combinava duros jabs e cruzados. Cigano esquivou alguns, mas, depois de cerca de um minuto e meio, engoliu um gancho. Ele absorveu bem este golpe, mas o espaço estava cada vez menor para errar. Um cruzado de direita pegou em cheio no pé da orelha, e o ex-campeão desabou. No solo, Miocic desferiu mais uma saraivada de golpes no rosto e o brasileiro não apresentou defesa. O árbitro Herb Dean logo encerrou a luta.
CARD PRINCIPAL
Stipe Miocic venceu Junior Cigano por nocaute técnico aos 2m22s do R1
Joanna Jedrzejczyk venceu Jéssica Bate-Estaca por decisão unânime (50-45, 50-44, 50-45)Demian Maia venceu Jorge Masvidal por decisão dividida (29-28, 28-29 e 29-28)Frankie Edgar venceu Yair Rodríguez por nocaute técnico (interrupção médica) aos 5m do R2David Branch venceu Krzysztof Jotko por decisão dividida (29-28, 28-29 e 29-28)
Jason Knight venceu Chas Skelly por nocaute técnico aos 39s do R3
Chase Sherman venceu Rashad Coulter por nocaute técnico aos 3m36s do R2
James Vick venceu Marco Polo Reyes por nocaute técnico aos 2m31s do R1
Courtney Casey venceu Jessica Aguilar por decisão unânime (triplo 30-27)
Enrique Barzola venceu Gabriel Benítez por decisão unânime (triplo 29-28)
Gadzhimurad Antigulov venceu Joachim Christensen por finalização aos 2m21s do R1

CARD PRELIMINAR
A luta entre Eddie Alvarez e Dustin Poirier foi declarada sem resultado
"Siga o Notícias de Alagoinhas no Twitter, curta nossa fanpage no Facebook, e fique atualizado com as principais notícias. Quer anunciar sua empresa? Clique aqui"

© Direitos reservados, Portal Notícias de Alagoinhas