Responsive Ad Slot

Padre é afastado após vazamento de fotos íntimas na internet; igreja se pronuncia

O caso aconteceu em Palmeira dos Índios, estado de Alagoas. Segundo o Vigário da Diocese, foi aberta uma investigação que deve durar cerca de dois meses.

Publicado 10/05/2017

/ Por: redacao@noticiasdealagoinhas.com.br

A Diocese de Palmeira dos Índios afastou o Padre Antônio Bernardo dos Santos de suas atividades após divulgação de fotos íntimas em uma rede social, que a igreja considerou impróprias devido ao seu conteúdo. Por meio de nota, a Diocese informou que já abriu um Processo Administrativo Penal contra o padre – que aparece com dois adolescentes num motel. O mesmo não foi encontrado para comentar sobre a polêmica.
Segundo o Vigário Geral da Diocese de Palmeira, Wendell Assunção Gomes, foi aberta uma investigação que deve durar cerca de dois meses. O conteúdo das fotos não foi informado. “Quando essa primeira investigação terminar, os documentos serão enviados para o Papa Francisco, que vai avaliar a situação e decidir o que acontece com o padre”, explicou Assunção.
Ele ainda afirmou que os membros da igreja descobriram as fotos íntimas circulando no WhatsApp na última quinta-feira (4/5). As atividades religiosas do Padre Antônio foram suspensas.
Confira nota na íntegra: A Diocese de Palmeira dos Índios comunica que, no dia de hoje, foi instituído um Processo Administrativo Penal em desfavor do reverendo Pe. Antônio Bernardo dos Santos, do clero desta Diocese. O Processo transcorre em segredo de justiça. Os autos do procedimento canônico, concluída a fase diocesana, seguirão para a Cidade Estado do Vaticano, em Roma (Itália), para a decisão do Santo Padre Francisco. Rezamos pela Santa Igreja, particularmente pela nossa Diocese.
*Redação com G1-AL - Foto: reprodução/Facebook
"Siga o Notícias de Alagoinhas no Twitter, curta nossa fanpage no Facebook, e fique atualizado com as principais notícias. Quer anunciar sua empresa? Clique aqui"

© Direitos reservados, Portal Notícias de Alagoinhas