Responsive Ad Slot

Trabalhadores garantem presente do Dia das Mães com o FGTS

Publicado 14/05/2017

/ Por: redacao@noticiasdealagoinhas.com.br

Foto: Reuters
O vigilante Roberto Cordeiro Vasconcelos, 50 anos, acordou cedo para ir à Agência Avenida Paulista em São Paulo. Chegou às 6 horas e se tornou o primeiro da fila para o atendimento que começou às 9 horas deste sábado (13), segundo dia de pagamento da terceira fase das contas inativas do FGTS. Tanta pressa tinha objetivo: sacar R$ 1,3 mil de duas contas inativas e garantir o presente deste domingo de Dia das Mães. "Vou fazer um churrasco pra ela", comemorou o trabalhador paulistano.
Além da carne assada para a família em homenagem à dona Neuza Maria, 72 anos, o dinheiro no bolso irá permitir que Roberto Vasconcelos se livre de dívidas. "Vou comprar o básico de casa e pagar as contas", afirmou o vigilante, morador do Jardim Guarani em Brasilândia, Zona Norte de São Paulo.
Roberto Vasconcelos foi um dos trabalhadores atendidos na Agência Avenida Paulista, uma das quatro visitadas pela vice-presidente de Fundos de Governo e Loterias da Caixa, Deusdina dos Reis Pereira, neste sábado (13), na capital paulista. Depois da Ag. Av. Paulista, a vice-presidente acompanhou o atendimento na Paulista São Luís e Conjunto Nacional, na região central, e Itaquera, na Zona Leste da cidade.
Morador de Campo Limpo, na Zona Sul, Thiago Antonio Ferreira, 33 anos, recebeu R$ 350 de duas contas inativas. Ele não pensou duas vezes sobre o que fará com o dinheiro: pagar as contas e também garantir o almoço do Dia das Mães. "Era um dinheiro que estava parado. É pouco, mas já é o almoço de amanhã. Vou fazer as compras, almoçar com minha mãe e pagar contas com o que sobrar", contou o operador de máquina CNC.
A vice-presidente de Fundos de Governo da Caixa disse que nesta etapa aumentou o número de trabalhadores que estão chegando às agências direto ao caixa para o saque. "Os trabalhadores com alguma pendência ou divergência cadastral têm resolvido antes do início do calendário", destacou Deusdina. Para esta etapa, a previsão de pagamento total é de R$ 10,8 bilhões para 7,6 milhões de trabalhadores. As informações são da assessoria de comunicação da Caixa Econômica Federal.
"Siga o Notícias de Alagoinhas no Twitter, curta nossa fanpage no Facebook, e fique atualizado com as principais notícias. Quer anunciar sua empresa? Clique aqui"

© Direitos reservados, Portal Notícias de Alagoinhas