Responsive Ad Slot

Bahia perde para o Palmeiras por 4 a 2 e deixa escapar invencibilidade dentro de casa na Série A

Publicado 18/06/2017

/ Por: redacao@noticiasdealagoinhas.com.br

Foto: EC Bahia
O Bahia recebeu neste domingo (18), na Arena Fonte Nova, a equipe do Palmeiras, tentando manter a invencibilidade dentro de casa na Série A. Em busca da quarta vitória consecutiva como mandante, o tricolor jogou ao lado da torcida, que lotou o estádio na partida válida pela 8ª rodada da competição. Em jogo com emoção até o final, o Esquadrão de Aço acabou derrotado por 4 a 2, com gols de Vinícius e João Paulo. Marcaram para a equipe palmeirense os atacantes Roger Guedes, Keno e Willian e o zagueiro Mina.
No primeiro tempo, o Bahia teve grandes chances de abrir o placar após boas investidas de Edigar Junio e Zé Rafael. Porém, foi o time paulista que abriu o placar no primeiro tempo. Rodrigo Becão cometeu pênalti duvidoso em Keno e Róger Guedes converteu, deixando os palmeirenses na liderança do placar. O 1 a 0 se manteve até o fim da primeira etapa, quando uma blitz tricolor igualou o placar.
Após troca de passes na esquerda, Zé Rafael recebeu a bola, driblou o zagueiro Mina e tocou na saída de Fernando Prass, que fez uma grande defesa. No rebote, Edigar Junior mandou de peixinho, obrigando o goleiro adversário a fazer mais uma defesa difícil. A bola sobrou na entrada na área limpa para Vinícius chutar forte no meio do gol.
Na volta do segundo tempo, o Palmeiras tratou novamente de ficar em vantagem no início do jogo. Após chegar com perigo, Guerra recebeu na entrada da área e rolou para Keno. O atacante palmeirense mandou no ângulo do goleiro Jean, que se esticou todo para tentar defender, mas não conseguiu. Após levar o gol, o time comandado pelo técnico Jorginho tentou reagir com a entrada de Ferrareis no lugar de Vinícius. Mas o que se viu foi o time visitante tentando ampliar a vantagem em jogadas com Róger Guedes e Guerra.
A melhor chance tricolor veio dos pés de Renê Júnior. O volante aproveitou a bola pingando na grande área a chutou para o gol, mandando ela na trave. No entanto, a arbitragem já havia anulado o lance, marcando que a bola tinha saído do campo. Aos 37 do segundo tempo, em cobrança de falta na área do Esquadrão de Aço, o Juninho cabeceou e Mina mandou para o gol vazio, fazendo o terceiro do lance.
Não durou muito tempo e logo o Bahia reagiu. Em contra-ataque rápido, Eduardo cruzou, a bola enganou o zagueiro Juninho e sobrou para João Paulo dominar e mandar para o gol, fazendo o segundo do Bahia. Após o lance, o time da casa pressionou para empatar a partida. Mas quem fez o gol foi o Palmeiras. Em avanço rápido pelo meio, Guerra tentou uma jogada e a bola acabou sobrando para Willian dominar e, sem deixar a bola cair, mandar um belo chute de fora da área, sem chances para o goleiro Jean.
O resultado deixou o Bahia na 11ª posição, com 10 pontos. Na rodada seguinte, o tricolor vai até São Paulo para enfrentar o Corinthians, na quinta-feira (22), às 19h30, na Arena Corinthians.
Do Metro1
"Siga o Notícias de Alagoinhas no Twitter, curta nossa fanpage no Facebook, e fique atualizado com as principais notícias. Quer anunciar sua empresa? Clique aqui"

© Direitos reservados, Portal Notícias de Alagoinhas