Responsive Ad Slot

Acusado de crime sexual, 'número 3' do Vaticano vai a corte na Austrália

Publicado 27/07/2017

/ Por: redacao@noticiasdealagoinhas.com.br



O cardeal George Pell, tesoureiro do Vaticano, compareceu nesta quarta-feira (26) a um tribunal na Austrália em sua primeira audiência para responder a acusações de crimes sexuais. Pell, 76, atravessou uma multidão de manifestantes e jornalistas para entrar na corte em Melbourne e permaneceu em silêncio durante os poucos minutos de audiência.

Seu advogado afirmou que ele irá se declarar inocente no processo. Ao convocá-lo para a audiência, as autoridades australianas não detalharam o conteúdo da acusação, mas disseram se tratar de "crimes sexuais históricos". Em junho, Pell afirmou que estava ansioso para comparecer ao tribunal e "comprovar sua inocência".

Ele tirou licença de seu cargo, o terceiro mais importante na hierarquia da Santa Sé.  As acusações contra Pell representam um golpe contra a política do papa Francisco de "tolerância zero" cuja com abusos sexuais praticados por membros da Igreja.

Durante anos, Pell enfrentou acusações de que teria encoberto crimes sexuais praticados por clérigos quando era arcebispo de Melbourne e, mais tarde, de Sydney. Em 2016, Pell reconheceu que a Igreja cometeu "enormes erros" ao permitir que crianças fossem estupradas por padres.

Do Folha de S.Paulo
"Siga o Notícias de Alagoinhas no Twitter, curta nossa fanpage no Facebook, e fique atualizado com as principais notícias. Quer anunciar sua empresa? Clique aqui"

© Direitos reservados, Portal Notícias de Alagoinhas