Bahia tem terceira condenação por feminicídio

Foto Reprodução  
A Bahia registrou a terceira condenação por feminicídio, menos de uma semana após a segunda sentença. Desta vez, um homem foi condenado a 28 anos de prisão, em regime fechado, por ter matado a ex-companheira Adriana de Souza Santos, em setembro de 2016.

A sentença foi proferida ontem (17) pelo Tribunal de Justiça, no município de Jeremoabo, a 360 quilômetros de Salvador. No entanto, foi divulgada somente hoje (18) pelo Ministério Público da Bahia. Segundo o órgão, Gilberto Damasceno Cândido cometeu o crime por não ter se conformado com a separação do casal.

A sentença levou em conta o fato de a vítima ser mulher e o autor do crime tê-la subjugado "como sua posse" e ter deferido "um golpe de faca contra ela, causando a morte". A sessão do tribunal do Júri foi presidida pelo juiz Leandro Ferreira Moraes, que considerou as características do crime como feminicídio, além de "motivo fútil e uso de recursos impossibilitando a defesa da vítima".

Desde a criação da Lei do Feminicídio, este é o terceiro caso de condenação pelo crime cometido na Bahia "contra a mulher por razões da condição de sexo feminino. O segundo casoocorreu na semana passada, no município de Monte Santo. A primeira condenação por feminicídio no estado foi registrada em Salvador, em maio deste ano.

(AgenciaBrasil)
Bahia tem terceira condenação por feminicídio Bahia tem terceira condenação por feminicídio Reviewed by Portal Notícias de Alagoinhas on julho 18, 2017 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.