Responsive Ad Slot

Vitória perde para a Chapecoense e se afunda na zona de rebaixamento

Publicado 23/07/2017

/ Por: redacao@noticiasdealagoinhas.com.br

Foto: Max Haack/Ag.Haack/ Bahia Notícias
Pior mandante do Campeonato Brasileiro, o Vitória perdeu mais uma dentro de casa. Em duelo disputado neste sábado (22), o time Rubro-negro foi derrotado por 2 a 1 para a Chapecoense e continua em situação delicada no certame nacional com apenas 12 pontos conquistados em 16 jogos.

O próximo compromisso do Vitória é contra o Cruzeiro, domingo (30), às 19h, no Mineirão, válido pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O JOGO

O jogo começou truncado e o Vitória tinha dificuldades para chegar na área da Chapecoense.  O time visitante optou por uma postura mais cautelosa e ficou mais recuado em seu campo de defesa.

O Vitória só chegou com perigo aos 16. Uillian Corrreia avançou livre de marcação e soltou o pé de fora da área. A bola desviou e saiu em escanteio. Na cobrança, Jandrei fez boa defesa e a bola sobrou para Kanu, que mandou para a rede. Porém, o árbitro assinalou impedimento e anulou o gol.

Porém, quem abriu o placar foi a Chapecoense. Aos 26, Geferson recuou de cabeça para Caíque, que se atrapalhou e deixou a bola passar. O goleiro acabou derrubando Lucas Marques na área e o árbitro marcou pênalti. Reinaldo cobrou, o arqueiro se esticou todo, mas não conseguiu evitar o gol.

Aos 31, Sejas cruzou na área, Arthur cabeceou, Caíque defendeu e a bola ainda chegou a pegar na trave. Geferson ficou com a sobra a mandou para escanteio.

Já no final do primeiro tempo, a Chapecoense por pouco não ampliou a vantagem. Seijas driblou Caíque, chutou, a bola bateu na trave e a defesa do Vitória conseguiu tirar quase em cima da linha.

Foto: Max Haack/Ag.Haack/ Bahia Notícias

Segundo tempo

O Vitória iniciou o segundo pressionando em busca do empate. Aos sete minutos, Wallace recebeu cruzamento e cabeceou, mas Grolli tirou a bola que tinha endereço certo.

Aos 13, Tréllez recebeu na área e o auxiliar avisou ao árbitro que a bola tocou na mão de Grolli e o pênalti foi marcado. Com categoria, Neilton deslocou Jandrei e empatou o jogo no Barradão.

O Vitória não teve muito tempo para comemorar o gol de empate. Lorency recebeu belo lançamento de Arthur, deixou a zaga do time Rubro-negro para trás, avançou livre e estufou a rede.

Aos 37, um lance polêmico. Yago dividiu com Grolli na área e caiu. Os jogadores do Vitória pediram pênalti, mas o árbitro considerou lance normal.

O time Rubro-negro ainda criou algumas chances, mas pecou nas finalizações.

FICHA TÉCNICA
Vitória x Chapecoense
Local: Barradão, em Salvador
Data: 22/07/2017
Horário: 16h
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Dibert Pedrosa  (RJ)e Michel Correia (RJ)
Assistentes adicionais: Leonardo Garcia Cavaleiro (RJ) e Carlos Eduardo Nunes (RJ)
Cartões amarelos: Caíque (Vitória); Apodi, Andrei Girotto, Douglas Grolli  e Moisés Ribeiro (Chapecoense)
Gols: Reinaldo e Lourency (Chapecoense) ; Neilton (Vitória)

Vitória: Caíque;  Caíque Sá, Wallace, Kanu e Geferson (Patric); Uillian Correia (André LIma), Fillipe Soutto, Yago  e Carlos Eduardo (Jhemerson); Neilton e  Santiago Tréllez. Técnico: Flávio Tanajura.

Chapecoense: Jandrei; Apodi, Douglas Grolli, Victor Ramos e Reinaldo; Moisés Gaúcho (Moisés Ribeiro), Andrei Girotto, Lucas Marques, Luiz Antônio (Wellington Paulista) e Seijas (Lourency); Arthur Caike. Técnico: Vinicius Eutrópio.

Do BN
"Siga o Notícias de Alagoinhas no Twitter, curta nossa fanpage no Facebook, e fique atualizado com as principais notícias. Quer anunciar sua empresa? Clique aqui"

© Direitos reservados, Portal Notícias de Alagoinhas