Condenado por morte dos pais de Suzane Richthofen, Cristian Cravinhos deixa prisão

 (Foto: Camilla Motta/ G1)
Cristian Cravinhos, um dos autores do assassinato dos pais de Suzane von Richthofen, deixou a penitenciária Doutor José Augusto Salgado, a P2 de Tremembé (SP), na tarde desta quarta-feira (23) após ser autorizado pela Justiça a cumprir o restante de sua pena em regime aberto.  A decisão, que beneficia Cristian Cravinhos, de 41 anos, é da Vara de Execuções Criminais de Taubaté. Segundo a portaria da unidade, Cristian deixou o presídio por volta das 15h50 em um carro preto, acompanhado de sua advogada.

Ele estava no banco de trás do veículo, usando um boné.  A defesa de Cristian não informou para onde ele irá após a saída do presídio. Disse ainda que ele pretende "retomar a vida", trabalhar e que o crime é um "assunto passado". Uma empresa de São Paulo disse que já acertou a contratação dele.  O pedido de regime aberto foi feito pela defesa de Cravinhos no começo deste ano. Ele passou por um exame criminológico que foi concluído em março com parecer favorável. Mesmo assim, o Ministério Público pediu um exame ainda mais elaborado e aprofundado, que também foi favorável à progressão de regime.

Na época do crime, em 2002, o irmão de Cristian, Daniel Cravinhos, era namorado de Suzane. O trio planejou e assassinou Manfred e Marísia Richthofen na casa da família, na zona sul de São Paulo. Os pais de Suzane eram contra o namoro da filha com Daniel Cravinhos. Suzane von Richthofen e os irmãos Daniel e Cristian Cravinhos de Paula e Silva foram submetidos a júri popular em 2006. Suzane foi condenada a 39 anos de reclusão em regime fechado e seis meses de detenção no semiaberto, além de multa; Daniel, a 39 anos e seis meses, no mesmo regime da ex-namorada. Cristian foi condenado a 38 anos e seis meses em regime fechado.

Eles estão presos desde 2002. Atualmente, Daniel e Suzane cumprem pena no regime semiaberto e também tentam a progressão de regime. Não há prazo para julgamento dos pedidos feitos pelos detentos. No caso de Suzane, o pedido foi feito em junho e a defesa incluiu que ela, quando obtiver a progressão, terá uma vaga de emprego de costureira em uma confecção em Angatuba (SP) - cidade onde vive o namorado dela. Suzane passou a cumprir pena em outubro de 2015 no regime semiaberto.

Nele, ela já tem direito às saídas temporárias. Se for para o regime aberto, ela poderá deixar a prisão para viver em liberdade desde que tenha endereço fixo, trabalho e compareça em datas determinadas pela Justiça na Vara de Execuções Criminais (VEC). Por nota, a Secretaria da Administração Penitenciária apenas confirmou que Cristian Cravinhos foi "posto em liberdade hoje mediante a Alvará de Progressão para Regime Aberto".

(Globo)
Condenado por morte dos pais de Suzane Richthofen, Cristian Cravinhos deixa prisão Condenado por morte dos pais de Suzane Richthofen, Cristian Cravinhos deixa prisão Reviewed by Portal Notícias de Alagoinhas on agosto 23, 2017 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.