Responsive Ad Slot

Ex-jogador Edílson é preso por falta de pagamento de pensão alimentícia

Publicado 15/08/2017

/ Por: redacao@noticiasdealagoinhas.com.br

 (Foto: SporTV/Reprodução)
O ex-jogador Edilson "Capetinha" foi preso na tarde desta terça-feira (15), em Salvador. Segundo informações da Polícia Civil, a prisão ocorreu por conta de dívidas com pensão alimentícia. O mandado de prisão foi expedido pela 2ª Vara da Família, em Brasilia.

Ainda segundo a polícia, o ex-jogador está custodiado na Polinter, que fica no complexo do bairro dos Barris. Se não pagar fiança, cujo valor ainda não foi estipulado, Edílson pode ficar até 30 dias presos.

O G1 tentou falar com a defesa do ex-atleta, mas até a publicação desta reportagem, não obteve sucesso.

Esta é a terceira vez que o ex-jogador é preso por conta d epensão alimentícia atrasada. A primeira vez foi em março de 2014, quando ele foi detido na Av. Gaeribaldi, em Salvador. A segunda vez foi em julho de 2016, quando Edílson foi preso em Brasília, por deixar de pagar R$ 430 mil em pensão alimentícia.

Edilson "Capetinha" começou a carreira em 1987 no clube Industrial, um time do Espírito Santo. Ele passou também pelo Corinthians, Flamengo, Palmeiras, Bahia e Vitória. Pela seleção brasileira, o jogador foi pentacampeão na Copa do Mundo de 2002.

Do G1


"Siga o Notícias de Alagoinhas no Twitter, curta nossa fanpage no Facebook, e fique atualizado com as principais notícias. Quer anunciar sua empresa? Clique aqui"

© Direitos reservados, Portal Notícias de Alagoinhas