Responsive Ad Slot

Moro libera Vaccareza de prisão para realizar tratamento médico e fixa fiança em R$ 1,5 mi

Publicado 22/08/2017

/ Por: redacao@noticiasdealagoinhas.com.br

Foto: Beto Oliveira / Agência Câmara
O juiz federal Sérgio Moro liberou o ex-deputado federal Cândido Vaccarezza da prisão nesta terça-feira (22). O ex-líder dos governos Lula e Dilma na Câmara foi detido na sexta-feira pela Polícia Federal. O parlamentar estava cumprindo prisão temporária, que expirou após o período de cinco dias. Moro fixou a fiança de R$ 1,5 milhão e determinou que a defesa de Vaccarezza apresente resultados de um tratamento médico a que alegou estar sendo submetido.

A prisão preventiva de Vaccarezza, que não tem prazo para acabar, foi pedida pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal. A defesa do ex-deputado alegou que Vaccarezza tem um exame médico agendado. Por conta disso, Moro decidiu no sentido de adotar medidas alternativas à prisão. “No contexto do agendamento do referido exame, este Juízo reputa, por ora, mais adequado impor medidas cautelares alternativas ao invés da prisão preventiva requerida”, afirmou Moro.

Para sair da prisão, o parlamentar deverá entregar seu passaporte em 48 horas, não poderá deixar o país, exercere cargos públicos, ter contato com outros investigados, mudar de endereço e deve comparecer sempre que for requisitado pela Justiça. A liberação de Vaccarezza deverá ser realizado nesta terça (22).

Moro determinou o prazo de 10 dias para que Vaccareza pague a fiança. O ex-deputado é acusado de receber US$ 478 mil em propina para ter favorecido a contratação pela Petrobras de uma fornecedora de asfalto norte-americana.

Do BN
"Siga o Notícias de Alagoinhas no Twitter, curta nossa fanpage no Facebook, e fique atualizado com as principais notícias. Quer anunciar sua empresa? Clique aqui"

© Direitos reservados, Portal Notícias de Alagoinhas