Responsive Ad Slot

Mulher de Junior Lima rebate críticas por optar usar fraldas de pano para Otto

Publicado 24/08/2017

/ Por: redacao@noticiasdealagoinhas.com.br

 (Foto: Manuela Scarpa/Brazil News)
Mônica Benini, grávida de nove meses de Otto, seu primeiro filho com o cantor Junior Lima, utilizou seu perfil em rede social para mostrar as fraldas de pano que o bebê vai usar quando nascer e recebeu muitas mensagens de seguidores acusando a modelo e designer de joias de não se preocupar com a economia de água, pois as fraudas de pano devem ser lavadas com frequência.

Na quarta-feira (23), Mônica gravou um vídeo em resposta: "Tenho umas coisinhas para informar para vocês: eu me senti na obrigação de contar para essas pessoas que a economia de água é uma das maiores preocupações do meu dia a dia", argumenta ela. "Aqui em casa, não existem banhos demorados, nós reaproveitamos a água que cai do chuveiro, temos uma cisterna que recolhe a água da chuva para limpar a casa" conta a cunhada de Sandy.

Segundo o site da revista Quem, a família de Monica é vegetariana e no depoimento ela também explica aos internautas como isso ajuda na economia de água. "E além do mais, uma dieta vegetariana - e a nossa casa é vegetariana - é a forma mais eficiente de economizar água. Você economiza uma quantidade surreal de água não tendo uma dieta baseada em proteína animal.

Uma fralda descartável leva 600 anos para se decompor na natureza. Se você usar fralda no seu filho até ele completar 3 anos de idade, em uma média de cinco fraldas por dia, você vai usar mais de cinco mil fraldas. Então fralda de pano pode ser uma boa opção", diz ela. "Eu não julgo quem faz a escolha por fraldas descartáveis... Mas se você tiver a oportunidade de usar fraldas de pano, dá uma testadinha aí! Quem sabe você se adapta? É muito mais ecológico (e também econômico)", finaliza Monica.

Do Revista Quem
"Siga o Notícias de Alagoinhas no Twitter, curta nossa fanpage no Facebook, e fique atualizado com as principais notícias. Quer anunciar sua empresa? Clique aqui"

© Direitos reservados, Portal Notícias de Alagoinhas