Responsive Ad Slot

'Hoje em dia não daria para escrever Tieta', diz Aguinaldo Silva

Publicado 02/09/2017

/ Por: redacao@noticiasdealagoinhas.com.br

© Reprodução
O "politicamente correto" tem incomodado o autor Aguinaldo Silva. "Hoje em dia não daria para escrever uma novela como Tieta, por exemplo, porque foi uma novela libertária", disse.

Exibida em 1990 pela Globo, a novela, uma adaptação do romance "Tieta do Agreste", de Jorge Amado, contava a história de uma jovem que foi escorraçada da cidade pelo pai, irritado com o seu comportamento liberal.

"Não se pode mais fazer piadas nem usar certas palavras", completou Silva em entrevista a Luciana Gimenez no programa "Luciana By By Night", da RedeTV!

Mesmo assim, Silva ainda evita beijos entre casais homossexuais nos seus folhetins. "Sou um pouco reticente a isso, sim, porque você tem que pensar que aquilo vai entrar na casa de pessoas que não são tão liberais quanto você. Tenho que escrever algo que não frustre os progressistas e que não choque os conservadores."

Ao programa, Aguinaldo afirmou que trabalha, em média, de 8 a 10 horas por dia no computador. Nesse tempo, afirma, consegue escrever 45 páginas de uma história, no mínimo. Sobre as inspirações, diz que "todo escritor tem o vício de observar as pessoas."

"Gosto das pessoas que vejo na rua e de ouvir histórias reais que me contam. É só acrescentar a tinta da ficção e aí fica bom."

Com informações da Folhapress.

"Siga o Notícias de Alagoinhas no Twitter, curta nossa fanpage no Facebook, e fique atualizado com as principais notícias. Quer anunciar sua empresa? Clique aqui"

© Direitos reservados, Portal Notícias de Alagoinhas