Responsive Ad Slot

Neymar ganha briga por pênaltis e PSG goleia o Bordeaux

Publicado 30/09/2017

/ Por: redacao@noticiasdealagoinhas.com.br

(Foto: Franck Fife/AFP)
Não está fácil parar o Paris Saint-Germain na atual temporada do Campeonato Francês. Neste sábado (30), com mais um show de Neymar, a equipe da capital venceu o Bordeaux por 6 a 2, em confronto válido pela 8ª rodada. Foram cinco gols somente no primeiro tempo, sendo dois do astro brasileiro. Com o resultado, a milionária equipe europeia abriu vantagem na liderança da competição.

Agora o PSG soma 22 pontos na classificação, três a mais em relação ao atual campeão Monaco, que na sexta-feira (29) tropeçou em casa, empatando por 1 a 1 com o Montpellier. Já o Bordeaux segue com 15 pontos. A partida também serviu para resolver o mistério sobre quem bate os pênaltis do PSG. O time da capital contou com uma penalidade no final do primeiro tempo. Desta vez não houve disputa pela bola: Neymar tomou a frente de Edinson Cavani e foi para a cobrança.

O brasileiro executou sua tradicional paradinha e mandou para as redes do goleiro Costil, anotando pela segunda vez na partida. Na comemoração, o primeiro abraço que o brasileiro ganhou veio justamente do uruguaio, antigo cobrador oficial de pênaltis do PSG. Nas últimas semanas, Neymar e Cavani se estranharam em campo em algumas ocasiões, em situações de bola parada, tanto em pênaltis como em faltas. O uruguaio se recusou a ceder o privilégio das cobranças, em ruído que gerou uma pequena crise na equipe.

No entanto, nos últimos dias o técnico Unai Emery anunciou que a decisão sobre o cobrador oficial havia sido decidida internamente, mas evitou tornar pública a definição. Antes do gol de pênalti, o PSG já havia anotado outros três na partida e o Bordeaux, um. O primeiro saiu com Neymar, aos quatro minutos, através de uma cobrança de falta precisa, de longa distância, que acertou o ângulo direito do goleiro.

Instantes depois o brasileiro ofereceu sua quinta assistência na temporada do Francês, ao servir Cavani em passe vertical. Na comemoração, Neymar e o uruguaio trocaram um abraço e mais uma vez amenizaram a controvérsia sobre a rivalidade no elenco. Meunier também marcou o terceiro gol time da capital, e Sankharé fez o primeiro desconto para os visitantes. No final da etapa inicial, Draxler anotou o quinto de sua equipe.

O atacante Mbappé anotou o último gol do PSG na partida no começo da segunda etapa, após receber uma boa infiltração de Draxler. E aos 44 minutos, Malcom, ex-Corinthians, fez o segundo do Bordeaux após converter pênalti sofrido por Jonathan Cafu, ex-São Paulo e Ponte Preta.

Com informações da Folhapress.
"Siga o Notícias de Alagoinhas no Twitter, curta nossa fanpage no Facebook, e fique atualizado com as principais notícias. Quer anunciar sua empresa? Clique aqui"

© Direitos reservados, Portal Notícias de Alagoinhas