Responsive Ad Slot

Tribunal de Justiça diminui pena do goleiro Bruno após prescrição de crime

Publicado 27/09/2017

/ Por: redacao@noticiasdealagoinhas.com.br

Foto: Marcelo Albert / TJMG
Os desembargadores do Tribunal de Justiça de Minas Gerais diminuíram nesta quarta-feira (27), por 2 votos a 1, a pena do goleiro Bruno Fernandes, condenado pela morte de Eliza Samudio. A condenação do ex-jogador passou de 22 anos e 3 meses para 20 anos e 9 meses.

Bruno foi condenado em primeira instância em 2013 pelo homicídio triplamente qualificado da ex-namorada, ocultação do cadáver e sequestro e cárcere privado do filho deles. A pena do goleiro diminuiu porque o crime de ocultação de cadáver prescreveu.

O ex-jogador já cumpriu quase sete anos da pena em regime fechado e ficou dois meses em liberdade, através de uma liminar, entre fevereiro e abril deste ano. Na época, Bruno chegou a atuar pelo clube Boa Esporte, de Varginha, que disputa a Série B do Campeonato Brasileiro.

Do Metro1
"Siga o Notícias de Alagoinhas no Twitter, curta nossa fanpage no Facebook, e fique atualizado com as principais notícias. Quer anunciar sua empresa? Clique aqui"

© Direitos reservados, Portal Notícias de Alagoinhas