Responsive Ad Slot

Bailarina de Anitta fala sobre preconceito: 'não aceitam gorda dançar'

Publicado 16/10/2017

/ Por: redacao@noticiasdealagoinhas.com.br

© Reprodução / Instagram
A nova bailarina da cantona Anitta tem conquistado o seu espaço e, ao mesmo, vem lidando com o preconceito por conta dos seus 140kg. Thais Carla, 26 anos, moradora de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, falou sobre as agressões das quais é vítima e afirmou que é uma pessoa feliz e bem resolvida.

"Passei a ser reconhecida como bailarina, mas a impressão que eu tenho é de que as pessoas me engolem mais. Não aceitam uma pessoa gorda ser bailarina. E acho, infelizmente, que a vida toda vai ser assim. Vai ser difícil mudar a cabeça das pessoas. Sofro preconceito nas redes sociais e até dos próprios bailarinos. Me chamam de gorda no Instagram, dizem que vou morrer. E ninguém me chama para evento de dança, por exemplo", relata Thais em entrevista ao jornal Extra.

A bailarina é casada com o fotógrafo Israel Reis e mãe de uma menina de 11 meses. Ela afirma que é muito bem resolvida com o próprio corpo e diz que não liga para críticas nem rebate ataques. Thais destacou que procurar usar a exposição da sua imagem para incentivar as pessoas a se aceitarem mais. "Não dependo dessas pessoas que estão querendo me humilhar para viver.

Não fico me lamentando. Sou uma pessoa feliz e muito bem resolvida. Então, aproveito da minha visibilidade para ajudar os outros. Dou palestras de incentivos para as pessoas, para elas se aceitarem mais, se olharem no espelho e se admirarem do jeito que elas são. Recebo bastante mensagens de pessoas que se inspiram em mim e isso é o que me importa".

Do N ao Minuto
"Siga o Notícias de Alagoinhas no Twitter, curta nossa fanpage no Facebook, e fique atualizado com as principais notícias. Quer anunciar sua empresa? Clique aqui"

© Direitos reservados, Portal Notícias de Alagoinhas