Responsive Ad Slot

Mulher consegue fugir após ser mantida em cárcere privado e ser torturada em Salvador

Publicado 09/10/2017

/ Por: redacao@noticiasdealagoinhas.com.br

 (Foto: Reprodução/TV Bahia)
Após uma semana de torturas e agressões, uma mulher de 28 anos conseguiu escapar do companheiro, que a matinha em cárcere privado. Na quinta-feira (5), o suspeito foi preso pela polícia, em Salvador.

Em entrevista à TV Bahia, a operadora de telemarketing contou que estava sendo agredida com fios de extensões elétricas e que o marido tentou sufocá-la. A vítima ainda disse que foi obrigada a avisar aos contatos do whatsapp que estava reatando o relacionamento com o homem, porque o amava. “Foram dias… digamos assim, de terror”, falou.

“Em momento algum dava pra ouvir nada. Na hora da tortura, ele colocava o som praticamente no último volume. Todo momento que ele me batia, eu pedia a Deus pra me tirar dali, me dar uma luz, e me mostrar uma forma de sair daquele lugar”, relatou.

“O medo não me deixava ver que, de certa forma, a porta, mesmo fechada, eu teria como abrir ela por dentro e sair, correr, pular, de algum jeito. Foi quando ele saiu, me deixou lá, ainda pediu que eu limpasse ainda o sangue que tava [sic] pela casa e arrumasse a casa. Quando ele saiu, eu consegui abrir a porta e pulei o muro do primeiro andar e saí na rua. Pedi socorro à primeira pessoa que eu vi, e fui pro hospital porque não tinha condições nem de respirar direito”, contou.

O casamento dos dois durou cinco anos e, segundo a operadora, ela deixou a casa quatro vezes, contudo, sempre resolvia voltar com o homem depois de pedidos de desculpa. “Eu gostava muito dele, ele sempre me ligava, pedia pra voltar, dizia que tava [sic] arrependido, que queria começar tudo do zero, e aí acabava acontecendo que eu voltava pra casa de novo”, disse.

A mulher agora tenta conviver com o trauma. Segundo ela, acaba ficando apavorada toda vez que alguém se aproxima dela ou tenta tocar em seu pescoço. “Não consigo dormir de noite direito porque toda vez que eu durmo eu tenho aquela sensação de que algo vai acontecer. Quero muito seguir em frente”, lamentou.

Do VN
"Siga o Notícias de Alagoinhas no Twitter, curta nossa fanpage no Facebook, e fique atualizado com as principais notícias. Quer anunciar sua empresa? Clique aqui"

© Direitos reservados, Portal Notícias de Alagoinhas