Responsive Ad Slot

Onze pessoas são baleadas em “paredão”; Polícia investiga autores de disparos

Publicado 15/10/2017

/ Por: redacao@noticiasdealagoinhas.com.br

Foto: SSP divulgação
Na noite deste último sábado (14/10), durante um evento irregular realizado na  Liberdade, houve confronto entre duas facções no local e 11 pessoas ficaram feridas. O “paredão”, como é popularmente conhecido, foi montado em um palco entre a rua da mangueira e a Avenida Peixe. Ainda na noite de ontem, outro evento semelhante ocorria no Curuzu, mas foi impedido por policiais da 37º Companhia Independente da Polícia Militar, após denúncias da população.

De acordo com informações prévias, 10 homens chegaram na lateral do palco e iniciaram os disparos, iniciando o confronto. Unidades da Operação Gêmeos chegaram em seguida, e ajudaram no salvamento de  vítimas, mas os criminosos conseguiram  fugir. A polícia acredita que a ação  foi motivada pela briga entre quadrilhas que atuam na região. O caso está sendo investigado pela  2º Delegacia Territorial (Lapinha).

O comandante da Região Integrada de Segurança Pública Baía de Todos os Santos, coronel Valter Menezes , lamenta a ocorrência de eventos como este. “É um absurdo este tipo de evento continuar ocorrendo sem qualquer tipo de fiscalização municipal. Assistimos diariamente ocorrências como esta se repetirem, influenciando diretamente na segurança pública”, desabafou.

O agente destacou ainda que situação parecida foi impedida de ocorrer no bairro do Curuzu. “Recebemos informações de que um evento parecido estava programado para o Curuzu e mandamos equipes a tempo de impedir”, disse.  Também chamou a atenção sobre a constante presença de crianças e adolescentes nestas festas e do alto consumo de drogas.

Vítimas

Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP), os feridos durante os disparos foram encaminhados para o Hospital Ernesto Simões Filho. Alguns deles já foram identificados, como Alaíde Nunes da Silva, 49 anos, Paulo César Soares Fiaz, 55, Luzival Assunção de Jesus, 26, Danilo Marcondes Dener Santos, 30, e dois adolescentes de 11 e 13 anos.

Já no Hospital Geral do Estado (HGE), deram entrada Jeferson Oliveira Carvalho Santos, 31 anos,  Everton Vinicius Filgueiras Rosa, 18, um homem se prenome Silvio, 40 e um jovem de  17 anos. Fábio Borges Santos, 29, foi levado para o Hospital Roberto Santos. A polícia está à procura dos responsáveis pelos disparos cometidos.

Aratu
"Siga o Notícias de Alagoinhas no Twitter, curta nossa fanpage no Facebook, e fique atualizado com as principais notícias. Quer anunciar sua empresa? Clique aqui"

© Direitos reservados, Portal Notícias de Alagoinhas