Responsive Ad Slot

Garota abusada por carcereiro: 'Pensei que ia ver meu irmão'

Publicado 08/11/2017

/ Por: redacao@noticiasdealagoinhas.com.br

©  Reprodução/TV Santa Cruz
A adolescente de 16 anos que diz ter sido estuprada por um carcereiro, dentro da delegacia da cidade de Santa Luzia, na região sul da Bahia, contou que acompanhou o homem até o local onde supostamente foi abusada porque pensou que estava caminhando até a carceragem da unidade policial, onde o irmão dela está preso.

Em uma entrevista exibida nesta quarta-feira (8) pela TV Santa Cruz, filiada da TV Bahia no sul do estado, a menina que foi abusada por um carcereiro dentro da delegacia disse que "pensava que ele [o carcereiro] ia me levar para ver meu irmão."

"Na hora que eu entrei, ele me levou para o banheiro e começou com os abusos”, contou a garota, que teve a identidade preservada, ainda durante a entrevista. O estupro teria ocorrido na segunda-feira (6).

De acordo com a publicação do portal G1, a adolescente foi até a delegacia para entregar um cobertor para o irmão dela, também preso por estupro, quando foi atacada pelo carcereiro Eduardo Sales Silva. Ele também teria ameaçado prejudicar o irmão dela.

A garota fez o exame de corpo de delito na delegacia de Itabuna, acompanhada por conselheiros tutelares, ainda na terça. O resultado deve sair em até 15 dias. Ele foi preso em flagrante na segunda-feira, e foi solto na terça-feira, após audiência de custódia.

Segundo a polícia, o homem, que trabalhava na unidade policial há um ano, alegou ter sido seduzido pela adolescente. O carcereiro é casado e tem dois filhos, segundo a polícia.

N ao Minuto
"Siga o Notícias de Alagoinhas no Twitter, curta nossa fanpage no Facebook, e fique atualizado com as principais notícias. Quer anunciar sua empresa? Clique aqui"

© Direitos reservados, Portal Notícias de Alagoinhas