PM suspeito de matar jogador de basquete no Rio Vermelho alega legítima defesa

A vítima era atleta amador e morava no Rio | Foto: Reprodução / Facebook
Suspeito de matar o jogador de basquete amador Ednei Moreira Bahia, 30 anos, durante uma briga em frente ao Largo de Santana (Largo da Dinha), o policial militar Frederico Santos Costa, 38 anos, afirmou em depoimento que atirou contra o atleta em legítima defesa.

Segundo informações do jornal A Tarde, Frederico se apresentou ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) na tarde desta quinta-feira (9). “Frederico diz que foi ameaçado por Ednei e seus amigos, por isso acabou atirando no jogador”, informou o delegado José Bezerra Junior, por meio de nota divulgada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA).

Frederico era alvo de um pedido de prisão temporária expedido após a morte de Ednei, ocorrida na madrugada do último domingo (5). Testemunhas que também prestaram depoimento ao DHPP relatam que os dois discutiram por causa de um balde com cervejas dentro de uma boate, por volta das 3h30.

O crime foi praticado foi praticado do lado de fora do estabelecimento, após Edinei e amigos deixarem o local. O policial teria perseguido o jogador e atirado, atingindo-o no peito. Ednei chegou a ser encaminhado para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas faleceu na unidade. Baiano, o atleta atualmente morava no Rio de Janeiro.

Do BN
PM suspeito de matar jogador de basquete no Rio Vermelho alega legítima defesa PM suspeito de matar jogador de basquete no Rio Vermelho alega legítima defesa Reviewed by Portal Notícias de Alagoinhas on novembro 10, 2017 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.