Responsive Ad Slot

Rumo à Libertadores! Bahia vira sobre o Santos e encosta de vez no G-7

Publicado 16/11/2017

/ Por: redacao@noticiasdealagoinhas.com.br

Foto Galáticos Online
O Bahia está firme e forte na briga por uma vaga na Copa Libertadores de 2018. Prova disso foi o grande resultado sobre o Santos, de virada, na noite desta quinta-feira (16), na Arena Fonte Nova, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Peixe saiu na frente com Bruno Henrique, mas Mendoza, Alison, contra, e Edigar Junio decretaram o placar em 3 a 1 para o Tricolor, que agora tem 49 pontos e encostou de vez no sétimo colocado Flamengo, que tem 50.

O próximo desafio da equipe comandada por Paulo Cézar Carpegiani será no próximo domingo (19), às 16h (horário da Bahia), contra o Sport, na Ilha do Retiro.


O JOGO

Logo nos primeiros segundos, o Bahia tentou imprimir um ritmo forte diante da equipe paulista. Após a equipe tomar a bola no ataque, Edigar Junio cruzou para a área, mas o goleiro Vanderlei estava atento e impediu o prosseguimento do lance.

Aos cinco, o Santos respondeu. Após passe em profundidade de Lucas Lima, Ricardo Oliveira bateu rasteiro e sem força, facilitando a vida do goleiro Jean. Dez minutos depois, em jogada de contra-ataque, Lucas Lima acionou Bruno Henrique, que teve liberdade para ajeitar e bater de fora da área para uma grande defesa de Jean.

Bruno Henrique faz o primeiro do jogo

Depois de duas chances perigosas, o Santos chegou ao seu primeiro gol. Aos 16, depois de sobra de um escanteio, David Braz cruzou rasteiro e Bruno Henrique ficou livre para tocar para o fundo da rede.

Três minutos deoois, o Peixe quase ampliou o placar. Bruno Henrique deixou Ricardo Oliveira na cara do gol. O camisa 9 bateu com a perna esquerda e a bola passou ao lado.

Mendoza cobra pênalti e empata

Aos 21 minutos, Zé Rafael recebeu bola dentro da área, foi derrubado por Lucas Veríssimo e Sandro Meira Ricci acusou a penalidade máxima. O colombiano Mendoza foi para a bola, bateu com firmeza e venceu o goleiro Vanderlei.

O goleiro Jean foi o protagonista do minuto 35. Após infração próxima da área, foi dele a responsabilidade de cobrar a falta. Com direito a gritos da torcida e câmeras apontadas, o arqueiro tricolor mandou a bola na barreira.

Segundo tempo

Lucas Veríssimo marca gol contra e põe Esquadrão na Frente

O Bahia conseguiu chegar ao gol da virada. Depois de um rápido contragolpe, Zé Rafael foi acionado pelo lado direito e, ao cruzar para Mendoza, Alison desviou a bola e traiu Vanderlei aos dez minutos.

O Santos saiu em busca do empate e quase conseguiu aos 15 com Bruno Henrique, que aproveitou sobra, finalizou e a bola passou raspando a trave do goleiro Jean. Cinco minutos depois, foi a vez de Jean Mota, que recebeu passe de Ricardo Oliveira na grande área e mandou um chute rasteiro,que passou perto.

A torcida do Bahia lamentou muito o lance dos 21 minutos. Ali, Zé Rafael recebeu passe de Régis, bateu forte com a perna esquerda e obrigou Vanderlei a fazer uma defesa espetacular.

De pênalti, Edigar fecha o jogo

Com 31 minutos da segunda etapa,  Régis deu um passe certeiro para Edigar Junio dentro da grande área e na frente de Vanderlei. Antes de bater no gol, o camisa 11 foi derrubado por Lucas Veríssimo e a arbitragem marcou pênalti. Na cobrança, Edigar confirmou a sua bela fase e deslocou o arqueiro santista.

O Santos não queria se abatar no jogo e seguiu atacando. Aos 38, Ricardo Oliveira recebeu na área, finalizou e a bola passou muito perto. Logo depois, aos 44, Mendoza invadiu a área e bateu por cima da meta. Ainda deu tempo de Jean fazer duas grandes defesas após chutes de fora da área do Santos.

FICHA TÉCNICA
Bahia 3 x 1 Santos
Campeonato Brasileiro – 35ª rodada
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 16/11/2017
Horário: 20h (Horário da Bahia)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (FIFA-SC)
Assistentes:  Emerson Augusto de Carvalho e Marcelo Carvalho Van Gasse (ambos de SP)
Assistentes adicionais: Rodrigo D'Alonso Ferreira e Eduardo Cordeiro Guimarães (ambos de SC)
Cartões amarelos: Renê Júnior, Tiago, Eder (Bahia)
Gols: Bruno Henrique (Santos) / Mendoza, Alison, contra e Edigar Junio (Bahia)

Bahia: Jean; Eduardo (Eder), Tiago, Thiago Martins e Juninho Capixaba; Renê Júnior; Allione (Régis), Juninho (Edson), Zé Rafael e Mendoza; Edigar Junio. Técnico: Paulo Cézar Carpegiani

Santos: Vanderlei; Jean Mota, Lucas Veríssimo, David Braz (Luiz Felipe) e Victor Ferraz; Alison, Renato e Lucas Lima; Bruno Henrique, Arthur Gomes (Vladimir Hernandéz) e Ricardo Oliveira.  Técnico: Elano Blumer

Do BN
"Siga o Notícias de Alagoinhas no Twitter, curta nossa fanpage no Facebook, e fique atualizado com as principais notícias. Quer anunciar sua empresa? Clique aqui"

© Direitos reservados, Portal Notícias de Alagoinhas