Responsive Ad Slot

Suspeitos seguiram PM até shopping para roubo de R$ 4 mil; Outros dois são procurados

Publicado 29/11/2017

/ Por: redacao@noticiasdealagoinhas.com.br

Foto: Marcelo e Carlos Eduardo já estão presos - Fábio Gomes/TV Aratu
Dois dos quatro homens suspeitos de participação na morte do subtenente da Polícia Militar, Fabiano Fortuna, foram apresentados à imprensa na manhã desta quarta-feira (29/11). Carlos Eduardo Santos de Araújo, de 37 anos, e Marcelo Moura Fernandes, 34, preferiram o silêncio ao conversar com os jornalistas.

“Carlos Eduardo é responsável por regimentar o grupo. Já Marcelo viu o policial sacando o dinheiro no shopping. Após isso, mandou mensagem dizendo aos comparsas que a vítima sacou o dinheiro [R$ 4 mil] e acompanhou até o shopping [Paralela] para fazer a abordagem. Eles não sabiam que a vítima era policial”, contou o coordenador da Força Tarefa que investiga crimes contra policiais, Odair Carneiro, durante a apresentação dos suspeitos.

O carro utilizado pelos presos, modelo gol, foi localizado junto com Carlos Eduardo por policiais da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos (DRFRV) no dia 23 de outubro. Já Marcelo foi preso uma semana depois, no dia 30, no Vale dos Barris. Segundo a Polícia Civil, ele confessou participação na morte do subtenente.

Odair pontuou ainda que outros dois criminosos estão sendo procurados pelo latrocínio – roubo com morte -. Michel da Silva Nascimento e Luis Eduardo Santos Ribeiro, conhecido como “Chapão”. Foi Michel quem atirou contra o subtenente. Já “Chapão” conduziu uma motocicleta utilizada por eles. Ambos estão com prisões decretadas.



“Chapão” e Michel estão sendo procurados. Foto: divulgação/Polícia Civil

O CASO

Fabiano Fortuna foi baleado dentro do Shopping Paralela no dia 28 de setembro. De acordo com as investigações, a vítima estava no estacionamento quando foi abordada. O policial militar chegou a ser socorrido para o Hospital Roberto Santos e passou por cirurgia, mas não resistiu aos ferimentos.

Naquela oportunidade, ele foi o 17º PM morto na Bahia. Hoje, este número está em 21.

Aratu Online
"Siga o Notícias de Alagoinhas no Twitter, curta nossa fanpage no Facebook, e fique atualizado com as principais notícias. Quer anunciar sua empresa? Clique aqui"

© Direitos reservados, Portal Notícias de Alagoinhas