Governo brasileiro expulsa representante diplomático da Venezuela

© Adriano Machado/Reuters
O governo brasileiro declarou o encarregado de negócios da Venezuela, Gerardo Antonio Delgado Maldonado, "persona non grata" nesta terça-feira (26). O diplomata será obrigado a deixar o país.

O Ministério das Relações Exteriores informou que está seguindo o princípio de reciprocidade. No sábado (23), a Assembleia Constituinte da Venezuela havia declarado o embaixador do Brasil em Caracas, Ruy Pereira, persona non grata no país. A medida, na prática, equivale a uma expulsão.

Pereira está no Brasil. Ele chegou na semana passada para passar os feriados de final de ano. O embaixador brasileiro não poderá retornar à Venezuela enquanto se mantiver a declaração.

Quando uma pessoa é declarada persona non grata, ela normalmente tem entre 24 e 72 horas para deixar o país. Mas o Itamaraty não especificou em quanto tempo Maldonado, que vive em Brasília com a família, terá de sair do Brasil.

Isso porque, no caso do embaixador brasileiro, até agora não houve comunicação oficial da chancelaria venezuelana, nem especificação de prazos para saída.

Então o Itamaraty também usará de reciprocidade, ao não especificar prazos.

Maldonado está chefiando a embaixada na ausência do embaixador titular, que foi convocado pela Venezuela em maio de 2016, em protesto contra o processo de impeachment de Dilma Rousseff.

Com informações da Folhapress.
Governo brasileiro expulsa representante diplomático da Venezuela Governo brasileiro expulsa representante diplomático da Venezuela Reviewed by Portal Notícias de Alagoinhas on dezembro 26, 2017 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.