Justiça determina bloqueio de bens de Marília Mendonça por shows cancelados em MG

Foto: André Carvalho/ Ag. Haack/ Bahia Notícias
A Justiça de Minas Gerais determinou o bloqueio de parte dos bens da cantora Marília Mendonça nesta segunda-feira (8) em sentença liminar para garantir recursos para ressarcimento de consumidores que compraram ingressos de shows cancelados em fevereiro e março do ano passado em Araguari (MG).

De acordo com informações do portal G1, que teve acesso à decisão judicial, foram bloqueados R$ 100 mil em bens de Marília; da contratante do show, Juliana de Lima Melo Alves; e da produtora do evento, a Workshow.

O valor foi dividido entre os três, de forma que cada um teve R$ 33 mil indisponibilizado. De acordo com a assessoria de comunicação de Marília Mendonça e da Workshow, a cobrança é indevida, já que as apresentações não foram realizadas em decorrência de chuva.

O evento estava marcado inicialmente para o dia 3 de fevereiro de 2017 em Araguari. Com a chuva, foi remarcado para 9 de março, mas não ocorreu novamente, também  com a justificativa de fortes chuvas. Os consumidores que compraram ingressos antecipados reclamaram a falta de ressarcimento junto ao Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-MG).

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) firmou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com os produtores do evento de formar a reembolsar os consumidores em 27 de março de 2017, mas o acordo não foi cumprido.

Do BN
Justiça determina bloqueio de bens de Marília Mendonça por shows cancelados em MG Justiça determina bloqueio de bens de Marília Mendonça por shows cancelados em MG Reviewed by Portal Notícias de Alagoinhas on janeiro 09, 2018 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.