Tite admite favoritismo na Copa, mas diz que seleção não está pronta

© Sergio Moraes / Reuters
O técnico Tite admitiu na noite desta segunda (25) o favoritismo da seleção na disputa pelo título da Copa do Mundo da Rússia. Mesmo assim, o treinador fez questão de deixar claro que o time ainda não está pronto para o torneio. No próximo domingo (1º), os convocados começam a se reunir para os dois últimos jogos das eliminatórias. No dia 5, a equipe enfrenta a Bolívia, em La Paz. No dia 10, a seleção enfrenta o Chile, em São Paulo.

"O Brasil é um dos favoritos, sim. Pela história e pelo que vem desempenhando. Em cima do presente do que os atletas estão fazendo, digo que a equipe está fazendo por merecer estar entre os favoritos", disse Tite, ao participar de um evento de um dos seus patrocinadores.

A seleção lidera o torneio classificatório, com 37 pontos, e não pode ser superada por nenhum adversário.

Ao ser questionado se o time já está pronto, o treinador negou: "Não. Digo que tem que aproveitar cada momento. Está se formando. O período de preparação foi pela metade, só dois anos. Tem que apressar", afirmou o técnico, que foi contratado para substituir Dunga após o fracasso da equipe nacional na disputa da Copa América Centenário, em 2016.

BÉLGICA

Apesar de apontar o Brasil como favorito, ele também citou os rivais na disputa do título no Mundial da Rússia."A Alemanha está muito forte. A França, a Itália sempre tem que estar. Mas gosto da Bélgica. Muitos talentos individuais. Muita qualidade junta há muito tempo. Não lembro uma geração tão boa como essa", disse o treinador.

Do N ao Minuto
Tite admite favoritismo na Copa, mas diz que seleção não está pronta Tite admite favoritismo na Copa, mas diz que seleção não está pronta Reviewed by Portal Notícias de Alagoinhas on setembro 26, 2017 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.