Centrais Sindicais definem greve nacional para o dia 5 de dezembro

Foto: Divulgação/CUT
Em reunião das Centrais Sindicais (CTB, CUT, Nova Central, Força Sindical, CSB, UGT, Intersindical, CSP-Conlutas e CGTB) ocorrida na sede da Força Sindical, na manhã desta sexta-feira (24), membros dos diretórios nacionais definiram o dia 5 de dezembro para uma paralisação nacional contra a tramitação da reforma da Previdência, proposta pelo presidente Michel Temer.

Além do presidente nacional da CTB, Adilson Araújo, participaram o secretário-geral da central, Wagner Gomes; e o secretário de Relações Internacionais, Nivaldo Santana. "Precisamos de uma resposta contundente contra essa emenda cosmética que Temer apresentou e que sepulta nossa Previdência Social. Sem pudor, o governo ilude, através de uma campanha publicitária sórdida e que mente descaradamente para o nosso povo”, afirmou o presidente da CTB, logo após a reunião das centrais.

Segundo ele, a iniciativa de cruzar os braços visa pressionar deputados e senadores para que eles não votem as reformas. "Temer mente e segue retirando direitos consagrados do nosso povo. Essa reforma não tem outro objetivo senão privatizar o maior sistema de distribuição de renda do país e condenar nosso povo a um futuro de fome e miséria", acrescentou Adilson.

Do Metro1
Centrais Sindicais definem greve nacional para o dia 5 de dezembro Centrais Sindicais definem greve nacional para o dia 5 de dezembro Reviewed by Portal Notícias de Alagoinhas on novembro 24, 2017 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.