Juíza descarta exame psicológico para decidir sobre liberdade da detenta

Foto: Reprodução
A juíza Wania Regina da Cunha, da Vara de Execuções Criminais de Taubaté, descartou nesta quinta-feira (15/2) a necessidade de submeter a detenta Suzane von Richthofen a um exame psiquiátrico para decidir sobre a concessão do regime aberto.

Com a decisão, a interna da penitenciária 2 de Tremembé pode ganhar a liberdade já nos próximos dias.
O teste de Rorschach é uma técnica de análise psicológica e expõe características de personalidade do paciente, que não são revelados em outras avaliações.

Os irmãos Cravinhos, comparsas da presa no assassinato dos pais dela em 2002, foram submetidos ao exame antes de obterem progressão de regime.

O exame foi um pedido do Ministério Público, que considerou necessária a submissão de Suzane a exames psiquiátricos antes de beneficiá-la com o regime aberto.

Caso a magistrada decida a favor de Suzane, ela pode deixar o presídio imediatamente.

Suzane von Richthofen cumpre pena no regime semiaberto desde 2015 e tem, por conta disso, direito a cinco saídas temporárias no ano.

Suzane foi condenada em 2006 pela morte de seus pais. Eles foram assassinados a pauladas enquanto dormiam.

Dias depois do crime, Suzane assumiu participação. Ela teve ajuda do então namorado Daniel Cravinhos e do irmão dele, Christian. Ambos estão em regime aberto.

Do Aratu
Juíza descarta exame psicológico para decidir sobre liberdade da detenta Juíza descarta exame psicológico para decidir sobre liberdade da detenta Reviewed by Portal Notícias de Alagoinhas on fevereiro 16, 2018 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.