“Artista não tem que ter filiação partidária”, diz Jô Soares em ‘Programa do Porchat’

Foto: Reprodução
Jô Soares participou do “Programa do Porchat”, do humorista Fábio Porchat, que vai ao ar nesta quarta-feira (18).

O apresentador e diretor que não tem mais contrato com a Globo gravou a entrevista nesta segunda-feira (17), na sede da Record e de acordo com a Veja, ele falou durante a conversa que "artistas não devem ter filiação partidária" e que a grandeza deles é ser anarquista.

Jô contou a Porchat que chegou a alertar Gilberto Gil e Caetano durante a ditadura. “Tive acesso a uma lista e liguei para eles. Tempos depois, foram presos em Realengo. Quando ouvi a música Aquele Abraço, percebi a dimensão disso”.

Ainda falando sobre esse período, o apresentador disse que enquanto os artistas estavam se apresentando no Teatro Oficina, ele precisou montar guarda: “Ficamos na porta, com Plínio Marcos, mas a gente sabia que não ia segurar a censura”.

Além disso, o “gordo”, como é conhecido, contou sobre os projetos que deseja realizar após deixar o “Programa do Jô”. Ele disse que pretende estrear em maio o espetáculo “A Noite de 16 de Janeiro”, data de seu nascimento.

Do BN
“Artista não tem que ter filiação partidária”, diz Jô Soares em ‘Programa do Porchat’ “Artista não tem que ter filiação partidária”, diz Jô Soares em ‘Programa do Porchat’ Reviewed by Portal Notícias de Alagoinhas on abril 17, 2018 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.