Ex-ministro da Justiça revela que Aécio o procurava para pedir 'imparcialidade da PF'

Foto: Antonio Cruz / Agência Brasil
Ex-ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo revelou que o senador Aécio Neves (PSDB-MG) chegou a ir até seu gabinete para discutir investigações da Polícia Federal (PF). "Algumas vezes ele me procurou, mas nunca pediu para mudar o delegado. Pedia imparcialidade da PF, que não fosse perseguido.

Uma vez foi falar do caso do senador Antonio Anastasia", afirmou Cardozo, segundo informações da Coluna do Estadão. De acordo com a publicação, quando procurado pelo tucano, Cardozo sempre respondia o mesmo texto: a lei era para todos.

O então ministro de Dilma Rousseff (PT) ressaltava que adversários políticos não seriam perseguidos e qualquer atitude diferente por parte da PF seria investigada. Já Aécio confirmou que esteve com Cardozo "mais de uma vez", mas disse que "jamais" discutiu qualquer assunto que não pudesse ser tratado "à luz do dia".

O tal "caso de Anastasia" foi encerrado em fevereiro de 2016. Na época, o Supremo Tribunal Federal (STF) arquivou o inquérito porque a PF não conseguiu provas de que o doleiro Alberto Youssef teria destinado R$ 1 milhão ao senador.

Do BN
Ex-ministro da Justiça revela que Aécio o procurava para pedir 'imparcialidade da PF' Ex-ministro da Justiça revela que Aécio o procurava para pedir 'imparcialidade da PF' Reviewed by Portal Notícias de Alagoinhas on abril 23, 2018 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.