Procurador da República deixa Lava Jato para se aposentar no início de 2019

Foto: Divulgação
Após quatro anos e seis meses na Operação Lava Jato, o procurador da República Carlos Fernando dos Santos Lima deixou a forla-tarefa para se aposentar. No Facebook, o procurador afirmou que pediu afastamento das investigações, pois entende como necessário para sua aposentadoria, para que aconteça de forma ética.

A aposentadoria deve ocorrer no início de 2019. O último dia oficial de trabalho na Lava Jato foi na última sexta-feira (14). O procurador entrou no Ministério Público Federal (MPF) em 1995. O substituto na Lava Jato ainda não foi confirmado. Atualmente, o grupo é composto por 13 procuradores da República. Carlos Fernando tem quase 40 anos de serviço público.

No Facebook, ele disse que sentirá falta de seus companheiros, por terem se tornado uma família, “uma fraternidade que permaneceu unida no propósito de promover justiça, mesmo nos momentos mais difíceis”. “E como em uma família, houve a compreensão dos meus motivos e apoio a minha decisão.

Serei substituído nas minhas tarefas dentro da operação, que continuará com a coordenação inspiradora de meu amigo Deltan Dallagnol. Continuarei a lutar pelas Medidas contra a Corrupção em palestras, artigos e posts. Continuarei a denunciar como cidadão aquilo de errado que vemos diariamente acontecer no poder executivo, legislativo e judiciário, especialmente no que se refere ao combate à corrupção, à necessidade de se reformar a política e aos abusos de poderosos”, declarou.

Ainda agradeceu o apoio que recebeu das “pessoas de bem durante todos esses anos”. “A operação Lava Jato continuará a precisar desse apoio. Quanto à mim, consolo-me sabendo que combati o bom combate e guardei a fé em um país melhor. Obrigado”, finalizou a publicação.

Do BN
Procurador da República deixa Lava Jato para se aposentar no início de 2019 Procurador da República deixa Lava Jato para se aposentar no início de 2019 Reviewed by Portal Notícias de Alagoinhas on setembro 20, 2018 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.