Acusado de balear quatro pessoas na Barra no domingo, PM diz que tiros foram acidentais

Imagem: Vídeo / Leitor BN WhatsApp
O policial militar Manoel Landulfo, preso após balear quatro pessoas na noite deste domingo (28) na Barra, alegou que os disparos foram acidentais. A defesa do policial contou ao Correio que o suspeito não teve a intenção de fazer atirar. “Ele disse que tentaram pegar a arma dele durante uma briga e, na confusão, ela disparou”, afirmou a Associação de Policiais e Bombeiros e de seus Familiares (Aspra-BA) que assessora o policial.

A briga aconteceu durante as comemorações pela vitória de Jair Bolsonaro à Presidência da República, na Barra. De acordo com a reportagem, Lindinalva de Jesus Souza, 40 anos, e Daniel Duarte Weber, 25, chegaram ao Hospital Geral do Estado (HGE) depois de serem socorridos por uma viatura da 11ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Barra), por volta das 23h30. Outras duas vítimas ainda não identificadas foram socorridas para o Hospital Português.

Uma das vítimas dos disparos, Daniel Duarte disse que estava na companhia de um amigo que teria começado a discutir com o soldado Manoel. Quando a vítima decidiu intervir na discussão dos dois e acalmar os ânimos, foi baleado no tórax.

O policial está detido no Complexo Penitenciário da Mata Escura, em uma área específica para os militares, uma vez que o Batalhão de Choque de Lauro de Freitas, onde os policiais militares ficam custodiados, está passando por reforma. Na tarde desta segunda-feira (29), ele será levado até a unidade do Dendezeiros da Polícia Militar, na Cidade Baixa, para passar por audiência.

De acordo com o Batalhão de Choque da PM, que conduziu o suspeito, o policial sacou a arma durante a briga e fez alguns disparos, atingindo quatro pessoas.

Segundo com informações registradas no boletim de ocorrência do Posto da Polícia Civil da unidade de saúde, Lindinalva, que é ambulante e vítima do ocorrido, contou aos policiais civis que um desconhecido, aparentemente bêbado, gritou se identificado com PM, depois de começar uma briga.

Ainda segundo ela, o soldado sacou uma arma da cintura e começou a atirar, a acertando na perna direita. Manoel está respondendo por tentativa de homicídio.

Do BN
Acusado de balear quatro pessoas na Barra no domingo, PM diz que tiros foram acidentais Acusado de balear quatro pessoas na Barra no domingo, PM diz que tiros foram acidentais Reviewed by Portal Notícias de Alagoinhas on outubro 29, 2018 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.