Justiça aceita denúncia e agressor de Bolsonaro se torna réu

Foto: Reprodução/Estadão
Nesta quinta-feira (4), o juiz Bruno Savino, da 3ª Vara Federal de Juiz de Fora (MG), aceitou a denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal (MPF) contra o agressor do candidato à Presidência, Jair Bolsonaro (PSL), e o transformou em réu.

Adélio Bispo, preso desde o dia 6 de setembro, data em que ocorreu a facada, foi denunciado por atentado pessoal por inconformismo político. Se condenado, Adélio pode pegar pena de 3 a 10 anos de reclusão, aumentada até o dobro, em razão da lesão corporal grave.

Segundo o procurador da República, Marcelo Borges de Mattos Medina, “Adélio perpetrou a conduta por motivação política e com o objetivo de excluir a vítima da disputa eleitoral. Como consequência, lesionou o regime representativo e democrático".

O procurador solicitou à justiça a intimação de oito testemunhas, que tiveram as identidades preservadas pelo MPF, para serem ouvidas.

Nesta segunda (1º), a defesa do criminoso protocolou na 3ª Vara Federal de Juiz de Fora (MG) o resultado do exame particular para solicitar um novo pedido de avaliação de sanidade mental. O parecer psiquiátrico pedido pelos advogados apontou que o agressor sofre de transtorno delirante grave.

Do R da Bahia
Justiça aceita denúncia e agressor de Bolsonaro se torna réu Justiça aceita denúncia e agressor de Bolsonaro se torna réu Reviewed by Portal Notícias de Alagoinhas on outubro 04, 2018 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.