Urnas são levadas por barco às aldeias para índios votarem na Bahia

Foto: Acervo Pessoal
Às 4h deste domingo (7), enquanto muitos estiverem sonhando com as eleições, técnicos do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), em Porto Seguro, no Extremo Sul do Estado, iniciarão uma viagem que inclui travessia de barco por dois rios para garantir a chegada de urnas eletrônicas a comunidades indígenas da região.

As comunidades indígenas para onde serão levadas três urnas são a de Barra Velha e São Geraldo, distantes mais de 200 km de Porto Seguro. Para chegar lá, além da viagem por terra, é preciso atravessar os rios Buranhém (entre Porto Seguro e Arraial d’Ajuda, usando a balsa), e Caraíva (no povoado homônimo ao rio), onde só tem canoas.

O trajeto é o mais rápido para chegar às comunidades, onde estão aptos a votar pouco mais de mil índios. Em Barra Velha, além dos votos dos indígenas da própria aldeia, as urnas contabilizarão votos das comunidades Bugigão, Xandó, Pará, Campo do Boi e Porto do Boi. A de São Geraldo pegará também eleitores da aldeia de Boca da Mata. Mas o esforço para a votação ocorrer não será somente dos técnicos do TRE-BA.

Índios que não fazem parte de Barra Velha e São Geraldo terão de percorrer até 18 km – a pé ou de moto – para participar das eleições. É o caso dos 25 índios-eleitores que vivem na aldeia de Campo do Boi. “Estamos tentando ainda ver se conseguimos um ônibus escolar para fazer o transporte deles, mas não está nada garantido”, disse o cacique Sacuri Pataxó, liderança indígena de 49 anos que faz parte da organização das eleições em Barra Velha, considerada pelos pataxós como a “aldeia mãe” – nela vivem 3 mil índios.

No Extremo Sul é onde está a maior parte dos índios da Bahia: são mais de 10 mil da etnia pataxó, sendo que no estado eles somam 26.240 indivíduos, distribuídos em 10 povos, espalhados por 23 territórios. Segundo lideranças indígenas, a Bahia tem mais de 5 mil índios aptos a votar – o TRE-BA não divulgou os eleitores indígenas do estado. No Brasil, segundo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) são 85 mil índios aptos a votar.

(Correio)
Urnas são levadas por barco às aldeias para índios votarem na Bahia Urnas são levadas por barco às aldeias para índios votarem na Bahia Reviewed by Portal Notícias de Alagoinhas on outubro 06, 2018 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.