CASO MICHEL: delegado afirma que acusado não demonstra arrependimentos

Foto: Alberto Maraux/ Divulgação SSP-BA
A polícia apresentou nesta sexta-feira (23), um dos autores da morte do assessor parlamentar, Michel Sá, assassinado em 16 de agosto deste ano. Identificado como Gabriel Bispo dos Santos, 24 anos, um dos autores do latrocínio contra Michel agia dando golpes com compra e venda de veículos. Segundo equipes do Departamento de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP) da Polícia Civil, ele confessou que participou da morte do assessor da Prodeb.

Após a repercussão do crime, Gabriel fugiu, na segunda-feira (20 de agosto), para o Rio de Janeiro. Ele ficou escondido em casa de parentes. Delegados e investigadores do DCCP passaram a acompanhar a trajetória dele que passou também por São Paulo e Santa Catarina (município de Pomerode), onde acabou capturado.

Conforme o delegado Élcio Brandão, do DCCP, o jovem não apresentou arrependimento em participar do crime. "Em nenhum momento ele disse estar arrependido", disse Élcio,  com base no depoimento.

"Sabemos que outras pessoas participaram e o trabalho continua. Importante destacarmos a dedicação de toda a equipe, com apoios imprescindíveis da Superintendência de Inteligência da SSP e da Polícia Civil de Santa Catarina", declarou o diretor do DCCP, delegado Élvio Brandão.

Do R da Bahia
CASO MICHEL: delegado afirma que acusado não demonstra arrependimentos CASO MICHEL: delegado afirma que acusado não demonstra arrependimentos Reviewed by Portal NA on novembro 23, 2018 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.