Laudo reafirma que jovem gaúcha tentou mutilar o próprio corpo

© Reprodução
O laudo da Polícia Civil divulgado nesta terça-feira (13) aponta que a jovem gaúcha de 19 anos - que apareceu com marcas no corpo, associadas inicialmente ao símbolo nazista da suástica - teve a intenção de automutilar o próprio corpo.

O caso aconteceu no início de outubro em Porto Alegre. A perícia realizada indicou que os riscos na pele da jovem foram feitos em dois momentos, pois possuíam estágios distintos de cicatrização, segundo concluíram os peritos do Instituto Médico-Legal.

De acordo com o Jornal do Comércio, a investigação indicou que havia diferença entre os traços na pele da jovem no dia do exame de corpo delito, em 8 de outubro, e no depoimento prestado por ela dois dias depois, em 10 de outubro, na 1ª Delegacia de Polícia (DP).

Ao registrar o boletim de ocorrência, a jovem alegou que teria sido agredida e marcada com um canivete por jovens, enquanto caminhava na rua na capital gaúcha. Ela chegou a relacionar o caso com o fato de que carregava adesivos da bandeira LGBT e do slogan "Ele Não", contra o presidente eleito Jair Bolsonaro. Inicialmente, cogitou-se que o fato teria tido motivação política.

No entanto, o delegado titular da 1ª Delegacia de Porto Alegre, Paulo César Jardim, descartou o fator político e associou a automutilação "a problemas psicológicos sérios" da jovem.

O inquérito ainda será encaminhando ao Ministério Público Estadual, que deve decidir sobre o andamento do caso.

Do N ao Minuto
Laudo reafirma que jovem gaúcha tentou mutilar o próprio corpo Laudo reafirma que jovem gaúcha tentou mutilar o próprio corpo Reviewed by Portal Notícias de Alagoinhas on novembro 13, 2018 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.