CHACINA DO CABULA: STJ mantém investigação com Justiça baiana

Foto: Reprodução
Nesta quarta-feira (28), a Terceira Seção do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu, por unanimidade, manter com a Justiça estadual da Bahia as investigações sobre a chacina do Cabula.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) havia pedido a transferência das apurações para a Justiça Federal com o argumento de que faltaria isenção na condução do processo por parte das autoridades baianas.

O crime aconteceu em Salvador em fevereiro de 2015. Na ocasião, nove integrantes das Rondas Especiais da Polícia Militar da Bahia realizaram uma operação em Vila Moisés, bairro do Cabula. Doze pessoas entre 15 e 28 anos morreram baleadas e outras seis ficaram gravemente feridas.

De acordo com a PGR, há fundados indícios de violência policial na operação. O Ministério Público da Bahia (MP-BA) concordou com a análise da Procuradoria e denunciou os nove policiais, sustentando que eles "encurralaram e executaram sumariamente" as 12 vítimas.

Do R da Bahia
CHACINA DO CABULA: STJ mantém investigação com Justiça baiana CHACINA DO CABULA: STJ mantém investigação com Justiça baiana Reviewed by Portal NA on novembro 28, 2018 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.