Argentina é solta 32 anos após ser sequestrada para ser prostituída

(Foto: AFP)
Uma mulher argentina que foi sequestrada há 32 anos foi resgatada na semana passada na Bolívia, com um filho de 9 anos, segundo informou na terça (25) a polícia da Argentina. Ela foi levada embora com apenas 13 anos e era vítima do tráfico de pessoas, sendo obrigada a se prostituir. Resgatada, voltou para seu país natal e passou o Natal com a família.

A vítima foi sequestrada em Mar del Plata em 1987 e levada para a Bolívia para um prostíbulo. No sábado, ela foi resgatada em uma garagem em que vivia em condições similares a escravidão. O local ficava trancado com um cadeado.

Na época, um homem boliviano conhecido como AC, de 50 anos, levou a vítima e a irmã mais velha dela, com quem ele tinha um relacionamento, para o país vizinho. Ele prometeu que arranjaria trabalho para elas. Três meses depois, a irmã mais velha foi libertada e voltou para a Argentina, mas a caçula ficou e foi obrigada a se prostituir por mais de três décadas.

Em todos os anos do sumiço, a família da vítima continuou suas buscas por ela. Em dezembro de 2014, a Unidade de Investigações e Procedimentos Judiciais fez um pedido de busca de informações sobre a mulher. No início deste ano, as autoridades descobrirram o paradeiro da mulher, na cidade de Bermejo, e souberam que ela tinha um filho criança.


Forças policiais dos dois países trabalharam no caso e no resgate da vítima, que foi levada de volta a Mar del Plata. O tráfico de pessoas é o terceiro delito que mais movimenta dinheiro no mundo. Na Argentina, desde 2008, já foram resgatados cerca de 12 mil vítimas desse crime.

Do Correio
Argentina é solta 32 anos após ser sequestrada para ser prostituída Argentina é solta 32 anos após ser sequestrada para ser prostituída Reviewed by Portal NA on dezembro 26, 2018 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.