Dilma é acusada de cometer irregularidades na construção da refinaria Abreu e Lima

Foto: Reprodução
Nesta sexta-feira (21), a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), responsável pelo mercado de capitais no Brasil, oficializou a acusação contra a ex-presidente Dilma e dezessete ex-executivos e ex-membros do conselho de administração da Petrobras, por possíveis irregularidades na construção da refinaria Abreu e Lima em Pernambuco.

O processo investiga possível inobservância de deveres fiduciários de administradores da Petrobras. Dilma foi presidente do conselho de administração da Petrobras até 2010, quando era ministra-chefe da Casa Civil.

Além da petista, foram acusados ex-executivos do conselho, dentre eles Fábio Colletti Barbosa, Sergio Quintella, Silas Rondeau, Luciano Coutinho, Guido Mantega e Jorge Gerdau, além de Sérgio Gabrielli e Maria das Graças Foster, que presidiram a empresa.

Com a construção iniciada em 2008, a refinaria inicialmente previa aportes da petrolífera estatal PDVSA, da Venezuela, mas teve suas obras bancadas inteiramente pela Petrobras. O custo total do projeto era de pouco mais de R$ 2 bilhões, mais superou R$ 40 bilhões, o que chamou a atenção de órgãos de investigação, que apuram denúncias de superfaturamento.

No mês passado, Dilma e o também ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e os ex-ministros das gestões petistas Antonio Palocci e Guido Mantega tornaram-se réus na justiça do Distrito Federal pelo crime de organização criminosa por supostos crimes cometidos na Petrobras.

A estatal o epicentro de um escândalo de corrupção revelado pela operação Lava Jato, deflagrado em 2014 e que teve nesta semana sua 57ª fase deflagrada.

Do R da Bahia
Dilma é acusada de cometer irregularidades na construção da refinaria Abreu e Lima Dilma é acusada de cometer irregularidades na construção da refinaria Abreu e Lima Reviewed by Portal NA on dezembro 21, 2018 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.