Mulher vai substituir Mãe Stella no comando do Afonjá

Foto : Reprodução / G1
Com a morte de Mãe Stella de Oxóssi, um nova mulher deve comandar o Ilê Axé Opô Afonjá. Isso porque a casa é um terreiro matriarcal. A escolha, porém, cabe a Xangô, líder do terreiro.

Segundo o Correio, muitos apontam quatro das mais antigas sacerdotisas da casa como possíveis sucessoras. Todas fazem parte do conselho religioso do terreiro.

São elas: Edit Santos Andrade, a iaquequerê (mãe-pequena) Ditinha, 83 anos; Raimunda Antônia de Paula, Mãe Mundinha, iá-dagan do Afonjá, 64; Valdomira Alcântara, a ogalá Tutuca ou Mãe Tutuca, 64; e Maria Pimentel, a mãe Maria ou iá efun, 70.

Mãe Ditinha, aliás, por ser a mãe-pequena da casa, é a atual substituta desde que Mãe Stella se afastou, quando foi morar na cidade de Nazaré, no Recôncavo baiano.

Acontece que ela, e as outras, são muito discretas e sequer falam sobre o assunto. A otum-dagan do terreiro, Maria Aparecida Santos, a Cida de Nanã, explica que, no final das contas, qualquer filha de santo (iniciada) pode ser escolhida.

Do Metro1
Mulher vai substituir Mãe Stella no comando do Afonjá Mulher vai substituir Mãe Stella no comando do Afonjá Reviewed by Portal NA on dezembro 30, 2018 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.