“Pensei que o sêmen fosse ectoplasma”: Mulheres contam detalhes sobre abusos atribuídos a João de Deus

Foto: reprodução/Metrópoles
Depois que veio à tona os casos de abuso sexual atribuídos ao médium João de Deus, que atendia na Casa Dom Inácio de Loyola, na cidade de Abadiânia, em Goiás, mais de 250 vítimas procuraram as autoridades, entre o sábado (08) e a segunda-feira (10), para contar que também foram abusadas pelo cirurgião espiritual.

Uma das vítimas, que procurou a Polícia Civil do Distrito Federal, contou que, em 2008, procurou João de Deus para tratar um tumor no pé. A mulher relatou em detalhes como o líder espiritual teria abusado dela. Segundo ela, ele teria dito que o pênis ereto era a energia negativa que vinha da região pélvica dela e que ele estava absorvendo para o corpo dele.

Outra mulher contou que João de Deus ejaculou na calça dela e disse que o ato teria sido cometido por uma entidade.

Ainda de acordo com um dos depoimentos, uma das mulheres que trabalhava na casa teria limpado a boca de uma vítima e achou que o sêmen era ectoplasma.

O caso continua sendo investigado pelo o Ministério Público de Goiás (MPGO).

Do VN
“Pensei que o sêmen fosse ectoplasma”: Mulheres contam detalhes sobre abusos atribuídos a João de Deus “Pensei que o sêmen fosse ectoplasma”: Mulheres contam detalhes sobre abusos atribuídos a João de Deus Reviewed by Portal Notícias de Alagoinhas on dezembro 11, 2018 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.