CASO JOÃO DE DEUS: ativista brasileira que denunciou o médium comete suicídio em Barcelona

Foto: Reprodução
No último sábado (2), a ativista social e uma das mulheres que ajudou a desmascarar abusos sexuais cometidos por João de Deus e Prem Baba, Sabrina Bittencourt, 38 anos, cometeu suicídio.

"O grupo Vítimas Unidas comunica com pesar o falecimento de Sabrina de Campos Bittencourt ocorrido por volta das 21h deste sábado, 02 de fevereiro, na cidade de Barcelona, na Espanha, onde vivia".

Sabrina fazia parte da ONG Vitimas Unidas, que divulgou uma nota de falecimento assinada por Maria do Carmo Santos, presidente da ONG.

De acordo com o texto, "a ativista cometeu suicídio e deixou uma carta de despedida relatando os porquês de tirar sua própria vida. Pedimos a todos que não tentem entrar em contato com nenhum integrante da família, preservando-os de perguntas que sejam dolorosas neste momento tão difícil".

Sabrina deixou três filhos. Um deles, Gabriel Baum, escreveu uma homenagem para a mãe nas redes sociais. “Não deixem que ninguém manche a memória dela. Tenho que cuidar dos meus irmãos agora. Eles não sabem ainda e não sei como vamos dar a notícia para eles. Obrigado”, escreveu.

Do Radar da Bahia
CASO JOÃO DE DEUS: ativista brasileira que denunciou o médium comete suicídio em Barcelona CASO JOÃO DE DEUS: ativista brasileira que denunciou o médium comete suicídio em Barcelona Reviewed by Portal NA on fevereiro 03, 2019 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.