Quadrigêmea é última a receber alta após um mês internada na BA; mãe engravidou de forma natural

Foto: Reprodução/TV Bahia
Um mês e 11 dias após o nascimento, a bebê Júlia Dourado, a única menina da gravidez de quadrigêmeos da baiana Polyanna Dourado, teve alta do Hospital Santo Amaro, em Salvador. Conforme a mãe das crianças, que tem 36 anos, e engravidou sem inseminação artificial, Julia deixou o hospital na sexta-feira (15).

Os três meninos já tinham deixado o hospital no início do mês de fevereiro. O primeiro a deixar a unidade de saúde foi Leonardo, em seguida Matheus e depois Miguel. "Eles estão bem e trocam o dia pela noite", revelou Polyanna.

Os bebês ficaram cerca de um mês no hospital pois precisaram ganhar peso. Além disso, dois deles precisaram passar por uma pequena cirurgia, para corrigir uma hérnia na virilha.

Quando os bebês ainda estavam no hospital Polyanna fazia visitas diárias aos filhos, agora com todos em casa ela conta que a rotina mudou mais uma vez.

"Eu conto com a ajuda dos meus pais, tias, marido, todo mundo. Dormir eu até que consigo, mas pegar no sono ainda não dá. Eles precisam de alimentar a cada duas ou três horas então eu fico sempre atenta", contou a mãe.

Gravidez natural

 Foto: Carla Márcia/ Arquivo Pessoal
Polyanna recebeu a notícia da gravidez em junho de 2018. Inicialmente, ela foi informada de que esperava trigêmeos. Após 15 dias, ao realizar uma segunda ultrassonografia, descobriu que tratava-se de uma gravidez de quadrigêmeos.

"Tomei um susto, fiquei muito nervosa, chorei. Foi muito complicado, mas realmente é uma benção", disse Polyanna, na época.

Marido de Polyanna e pai das crianças, Dieslan Dourado disse que também se assustou quando soube da notícia.

"Quando a médica falou que eram três placentas, eu gritei: 'Três?'. Aí com 20 dias, eu estava lá em Irecê, andando de moto, aí Poly me ligou e contou que eram quatro. Eu parei a moto, quase que caio da moto. Fiquei assim parado pensando: ‘Quatro?’. Toda vida será bem-vinda. Não tem explicação, a emoção é muito grande", falou o papai.

Após o susto, o casal foi surpreendido com a solidariedade de desconhecidos, que doaram fraldas e outros itens do enxoval dos bebês. Os bebês de Polyanna e Dieslan ainda ganharam um chá de fralda e também um ensaio fotográfico quando ainda estavam na barriga da mamãe.

O casal morava em Irecê, na região da Chapada Diamantina, mas se mudou provisoriamente para a capital baiana desde que soube da gravidez. Os quatro bebês nasceram no dia 4 de janeiro, no Hospital Santo Amaro. Entre os garotos, dois são univitelinos, ou seja, são idênticos fisicamente.

Foto: Reprodução/TV Bahia
Do G1 Ba
Quadrigêmea é última a receber alta após um mês internada na BA; mãe engravidou de forma natural Quadrigêmea é última a receber alta após um mês internada na BA; mãe engravidou de forma natural Reviewed by Portal NA on fevereiro 16, 2019 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.