Seis são presos suspeitos de provocarem incêndios em multinacional

Foto: Divulgação / SSP-BA
Seis homens foram presos suspeitos de incendiarem pilhas de madeira da Suzano, empresa de papel e celulose em que trabalhavam, na cidade de Mucuri, sul da Bahia, nesta quarta-feira (27), por não aceitarem as suas demissões.

Segundo a Secretaria de Segurança pública da bahia (SSP-BA), Ivan Gleison da Silva, Irlan Rodrigues da Silva, Neílton Ribeiro da Silva, Márcio Romualdo Rocha, Moisés Costa dos Santos e Reginaldo Santos Matias são ex-trabalhadores terceirizados da empresa. O grupo foi preso em uma operação nomeada "Friendly Fire".

A suspeita da polícia é de que o grupo cometeu o crime diversas vezes, a fim de retaliar a empresa por não concordar com os termos das demissões. Os suspeitos foram autuados pelos crimes de incêndio criminoso e associação criminosa.

Além disso, Irlan foi autuado em flagrante por posse ilegal de arma de fogo. Na residência do suspeito, foram encontradas duas espingardas calibre 12 e um vasilhame com pólvora e chumbo.

Ainda de acordo com a SSP-BA, um sétimo homem, identificado como Márcio Rodrigues de Oliveira, não foi localizado e é considerado foragido da polícia.

Do BN
Seis são presos suspeitos de provocarem incêndios em multinacional Seis são presos suspeitos de provocarem incêndios em multinacional Reviewed by Portal NA on março 27, 2019 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.