Suspeito de vender arma do massacre de Suzano é vizinho de uma das vítimas

Foto: Reprodução
A prisão, na última quarta-feira (10), de um dos suspeitos de vender a arma utilizada no massacre na Escola Estadual Professor Raul Brasil, que terminou com a morte de 10 pessoas, agravou o trauma de uma das vítimas. A estudante Jenifer da Silva Cavalcante, de 16 anos, é vizinha do mecânico de 47 anos apontado pela polícia como responsável pela comercialização da arma. As informações são do G1.

De acordo com a mãe da menina, Regiane de Jesus Cavalcante, a notícia da prisão aumentou o quadro depressivo da sobrevivente do massacre e fez com que a filha precisasse de atendimento médico. "Ela está ainda mais assustada. Não para de chorar e não dorme", conta.

Segundo Regiane, a filha conhecia o mecânico de vista e ficou apavorada quando soube que o homem pode ter envolvimento no massacre.

No dia do atentado à escola, Jenifer conseguiu sobreviver após se fingir de morta e se jogar em cima da poça de sangue de uma das vítimas. A adolescente, no entanto, terminou sendo pisoteada por outros alunos que fugiam. Além dos dez mortos, o massacre deixou dez pessoas feridas.

Jenifer foi socorrida ao Hospital Luzia de Pinho Melo, onde passou por cirurgia para a retirada do apêndice e foi diagnosticada com inchaço nos rins. Ela ficou internada por sete dias, mas foi liberada em seguida para continuar o tratamento com remédios em casa.

Do Radar da Bahia
Suspeito de vender arma do massacre de Suzano é vizinho de uma das vítimas Suspeito de vender arma do massacre de Suzano é vizinho de uma das vítimas Reviewed by Portal NA on abril 12, 2019 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.