Portal Notícias de Alagoinhas
Foto: Reprodução / Montagem / RD1
A jornalista Rachel Sheherazade entrou com um processo contra o deputado federal Alexandre Frota (PSDB), após ter sido chamada de prostituta pelo ex-ator pornô em dois vídeos publicados nas redes sociais.

De acordo com o RD1, Sheherazade pede uma indenização no valor de R$ 50 mil por danos morais. Apesar de não se pronunciar sobre o caso, Frota e seus advogados estão ainda dentro do prazo para se apresentarem para a Justiça.

Em vídeo, Frota argumentou que Rachel “se prostituiu ao receber dinheiro para mudar de opinião”. Sheherazade, então, prestou queixa e pediu para que o vídeo fosse retirado do ar.

A Polícia Civil chegou a intimar Alexandre para prestar depoimento, porém, dias depois de aparecer na delegacia, ele voltou a fazer novos ataques contra o seu desafeto reafirmando os insultos anteriores.

Do BN