Portal Notícias de Alagoinhas
Foto: Reprodução
A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, divulgou uma nota através do Twitter do político, na qual acusa o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro e a Operação Lava Jato, de "selecionar conversas telefônicas" e ocultar a "verdade dos fatos".

Uma nova série de diálogos vazados pelo site The Intercept Brasil, em parceria com o jornal Folha de S. Paulo neste domingo (8), mostra que Moro manteve conversas entre Lula e Dilma Rousseff em sigilo de Justiça, na mesma época em que revelou o diálogo que serviu de base para o pedido de impugnação da nomeação do ex-presidente para a Casa Civil do governo Dilma. A medida seria uma estratégia do PT para que Lula não pudesse ser julgado por Sérgio Moro. Segundo o The Intercept, os diálogos ocultos contestam a tese de Moro.

De acordo com a defesa de Lula, os diálogos revelam “grosseiras ilegalidades praticadas pelo ex-juiz Sérgio Moro e pelos procuradores da Lava Jato”. Ainda segundo os advogados do ex-presidente, “o ex-juiz Sérgio Moro, os procuradores e o delegado da Lava Jato de Curitiba selecionaram conversas telefônicas mantidas por Lula, escondendo dos autos e do STF aquelas que mostravam a verdade dos fatos”.