Foto: reprodução/redes sociais
O jovem Izac Martinez, que aparece em um vídeo gravado por um motorista de aplicativo que tem circulado nas redes sociais, negou que tenha chamado a corrida em troca de sexo. No vídeo, filmado em região do Itaigara, em Salvador, o rapaz aparece na janela do motorista, que dispara várias acusações contra ele.

"É verdade mesmo que você tá fazendo essa proposta aí? Você não tem vergonha não, rapaz? O cara trabalhando e você fazendo uma palhaça dessa, eu vim aqui só pra ver sua cara. Que palhaçada é essa, rapaz? Vai procurar o que fazer, rapaz. Seu palhaço. Dá bom de eu 'lhe' dar um bocado de cacetada agora, 'cê' dá sorte que eu sou cristão", diz o motorista, no vídeo.

ASSISTA:



Segundo print compartilhado pelo condutor em grupos do WhatsApp, o rapaz teria chamado a corrida, mas deixou claro, durante o contato através de mensagens, que tinha outra intenção. "Vou lhe ser sincero, minha intenção da corrida, não apenas a corrida, e sim dar uma 'pegadinha'. Caso você não curta, só falar de boa que cancelo", mostra a imagem.

O Aratu On entrou em contato com Izac, que negou as acusações. "Na verdade eu acho que alguém chamou a corrida pra ele, e aí ele me viu parado, ele me chamou, ficou perguntando coisas pra mim de longe. Eu não entendi o que era, achei que era alguém brincando, alguma brincadeira", contou o rapaz.

Foto: reprodução/redes sociais
"Quando encostei no carro, estava rindo. Aí quando ele foi falando sério, eu me afastei do carro e saí correndo", explicou. Izac ainda alegou que não havia solicitado nenhuma corrida, pois não possui o aplicativo em seu celular. Eu tenho moto, eu 'tava' de moto na hora. Eu 'tô' procurando imagens de câmeras pra mostrar isso", completou, ressaltando que o nome que aparece no print é "Andre".

Em sua declaração, Izac também reclamou da exposição a qual foi submetido, já que o vídeo está circulando nas redes sociais em Salvador. "Eu sou gay, estava com roupa apertada, mas não tem nada a ver isso ele achar isso".

Izac informou que já prestou queixa contra  motorista, na 16º Delegacia, localizada na Pituba. O Aratu On não conseguiu contato com o motorista do aplicativo.

Foto: reprodução/redes sociais
Do Aratu On