Reprodução/ Record Tv Itapoan
Jaguaciara Santos e Santos, 36 anos foi esfaqueada em um dos quartos de um motel, na Avenida Barros Reis, em Salvador, na noite da segunda-feira (22). O principal suspeito é o ex-companheiro da vítima.

Conforme informações da Record TV Itapoan, quando a mulher saiu do trabalho, em uma faculdade na Pituba, o principal suspeito do crime já estava esperando a ex-mulher com uma faca, e ambos seguiram de carro para o local onde aconteceu o crime.

Segundo relatos de Jaguaciara, durante uma discussão, o ex-esposo deferiu golpes de faca em várias partes do corpo, no pescoço, no rosto e na mão. O suspeito do crime fugiu, enquanto a vítima de tentativa de feminicídio foi socorrida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhada ao Hospital Geral do Estado ( HGE). O estado de saúde de Jaguaciara não foi informado.

A irmã da vítima, que preferiu anonimato, informou que o ex-companheiro de Jaguaciara ligava diversas vezes durante dia fazer ameaças " Ele ligava muito para ela para fazer dizer que ia matá-la. E os filhos confirmaram que ele agredia minha irmã durante esses anos", afirma.

A mulher tem dois filhos com o ex-marido que foi casada há 16 anos e há sete meses estava separada do principal suspeito do crime.

Do BNews