Foto: divulgação/Bruno Concha/Secom PMS
Os motoristas que moram nas zonas de restrição do Carnaval de Salvador tem até o dia 20 de novembro para cadastrar a placa dos veículos e receber, em casa, o adesivo que dá permissão para circular na região. O cadastramento pode ser feito gratuitamente pelo site da Transalvador.

Áreas de Salvador que fazem parte da zona de restrição. Foto: reprodução/Google/Transalvador. 
Cada imóvel terá direito a até dois adesivos. O CPF informado no cadastro deverá ser o do proprietário do imóvel. O veículo não precisa ser, necessariamente, pertencer ao proprietário do imóvel. Quem passar do prazo terá que retirar a credencial nos postos de atendimento. Um balcão de atendimento montado pela Transalvador para orientar e efetuar o cadastramento ficará na sede do órgão, no bairro dos Barris, até o dia 20 de novembro. O funcionamento é de segunda a sexta, das 9h às 16h.

Faltando dez dias para o fim do prazo, foram cadastradas apenas cerca de 33% das residências com direito a liberação. A Transalvador estima que aproximadamente 27,7 mil residências estejam dentro das 12 subzonas de restrição de circulação. O prazo inicial era de 31 de outubro mas foi prorrogado para a nova data para que uma quantidade maior de moradores pudesse ter a comodidade de receber na própria residência os adesivos. Quem não realizar o procedimento online, terá de ir em postos que serão montados pela autarquia municipal.

MULTA

A multa para quem transitar em local e horário não permitido pela regulamentação é de R$130,16. Essa é uma infração de natureza média, prevista no art. 187, inciso I, do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). O infrator está sujeito ainda a 4 pontos na CNH.

Do Aratu On